Negócios

Comércio comemora resultado do Dia das mães


Após dois anos de queda, as vendas do varejo para a segunda data comemorativa mais importante para o setor cresceram 1,6%, de acordo com a Boa Vista SCPC


  Por Redação DC 15 de Maio de 2017 às 13:32

  | Da equipe de jornalistas do Diário do Comércio


As vendas do comércio para o Dia das Mães cresceram 1,6% em 2017, em comparação a 2016, de acordo com os dados de abrangência nacional, da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito).

Segunda data comemorativa mais importante do comércio, o Dia das Mães trouxe boas notícias aos varejistas, uma vez que apresentou crescimento após dois anos consecutivos de queda. Em 2016 o comércio recuou 4,6% nesta data, e em 2015 recuou 1,2%.

De acordo com a Boa Vista, o movimento do Dia das Mães segue a tendência de recuperação das vendas do varejo em 2017, apesar de uma cautela maior por parte do consumidor. A melhora é decorrente, principalmente, de um recuo na inflação e de uma tendência gradativa de queda nos juros.

METODOLOGIA 

O cálculo do volume de vendas para esta data foi baseado em uma amostra das consultas realizadas no banco de dados da Boa Vista SCPC, com abrangência nacional. Para esta data foram consideradas as consultas realizadas no período de 8 a 14 de maio de 2017, comparadas às consultas realizadas entre 2 e 8 de maio de 2016.

SERASA

O indicador de Atividade do Comércio, da empresa de consultoria Serasa Experian, também mostra um crescimento de 2% nas vendas na semana do Dia das Mães.

A avaliação foi feita no período de 8 a 15 de maio, em relação a período equivalente de 2016, quando houve queda de 8,4% nas vendas. O resultado deste ano é o primeiro com variação positiva desde 2014.

Para economistas da Serasa Experian, o crescimento é explicado pela redução da inflação, a queda do juros e a entrada dos recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) na economia.

Também houve melhora de 1% nas vendas relativas ao fim de semana do Dia das Mães (12 a 14 de maio), na comparação com as datas relativas ao ano passado. O indicador apurou ainda os resultados da cidade de São Paulo, onde as vendas cresceram 3,3% na semana da data comemorativa.

*FOTO: Thinkstock