Negócios

Citi vende operação de varejo na Argentina para o Santander


Ontem (08/10), o Itaú confirmou a compra da unidade de varejo do Citibank no Brasil por R$ 710 mi


  Por Estadão Conteúdo 09 de Outubro de 2016 às 15:03

  | Agência de notícias do jornal O Estado de S.Paulo


O Citi anunciou hoje (09/10) que chegou a um acordo definitivo para vender seu negócio de varejo na Argentina para o Banco Santander Río, subsidiária do grupo espanhol no país.

De acordo com comunicado do Citigroup à imprensa, a venda envolve cerca de US$ 1,4 bilhão em ativos e inclui cartões de crédito, empréstimos pessoais e contas de depósito bancário. A operação está sujeita a aprovações regulatórias.

O Citigroup informou ainda que não espera que os termos financeiros da transação sejam relevantes aos seus resultados financeiros. A instituição vai continuar a operar na Argentina, atendendo clientes de bancos de investimento e institucionais.

LEIA MAIS: BC cobra de bancos ações para queixas de clientes

"A Argentina é um dos mercados mais importantes do Citi na América Latina e seu futuro é extremamente promissor", disse Jane Fraser, CEO do Citi América Latina.

O Citi pretende se concentrar nos serviços às empresas argentinas, instituições financeiras e clientes do setor público, bem como continuar a atender companhias multinacionais com operações locais e a clientela do seu banco comercial.

Ontem (08/10), o Itaú Unibanco confirmou a compra da unidade de varejo do Citibank no Brasil, por R$ 710 milhões.

De acordo com documento publicado ontem na CVM, a compra envolve o varejo voltado a pessoas físicas, incluindo empréstimos, depósitos, cartões de crédito, agências, gestão de recursos e corretagem de seguros.

LEIA MAIS: Governo quer trazer bancos para programa de repatriação

Também estão no pacote as participações societárias detidas pelo Citibank na Tecban (5,64% do capital social) e na Cibrasec (3,60% do capital).

LEIA MAIS: Bancos apostam em 'âncoras' para desengavetar IPOs

Foto: Thinkstock