Negócios

Cacau Show lança plataforma de viagens


Negócio terá descontos especiais para seguidores do Instagram e promete estar ligado diretamente ao programa de benefícios exclusivos da marca, o Cacau Lovers


  Por Mariana Missiaggia 08 de Outubro de 2021 às 15:00

  | Repórter mserrain@dcomercio.com.br


O jeito mais gostoso de viajar. É com esse slogan que a rede de chocolates Cacau Show anunciou há poucos dias a Chocotour, uma plataforma de viagens on-line.

A entrada da marca no mercado de viagens e turismo será feita por meio de um hub digital hospedado pela P2D Travel, empresa de solução digital para venda de viagens on-line.

Com uma conta no Instagram e site no ar, a Chocotour está em fase de implementação e estratégia, e deve realizar o lançamento oficial da plataforma de viagens nos próximos meses.

Nas redes sociais, já há o anúncio de três promoções para seguidores do perfil. Duas passagens aéreas com datas pré-determinadas em fevereiro de 2022 para Madrid e Lisboa estão sendo vendidas por R$ 2,2 mil e R$ 2,5 mil, respectivamente. Há também um pacote para Fortaleza com aéreo e hospedagem, por R$ 2,5 mil, com data de saída prevista para novembro deste ano.

Aluguel de carros, transfer, vendas de passeios, serviços on-line, ingressos e outros benefícios também estarão disponíveis no negócio.

De acordo com a empresa, a plataforma irá oferecer descontos especiais para clientes cadastrados no programa de benefícios da marca, o Cacau Lovers.

“A ideia é que a gente consiga proporcionar ainda mais experiências positivas aos nossos consumidores. Tanto para que eles possam conhecer a história do chocolate e seu sabor em outros países, como para aproveitar momentos de lazer e realização de sonhos pelo mundo, conectando-se com nossos produtos e marcas”, diz Alexandre Costa, CEO e fundador da Cacau Show, em nota.

ESTRATÉGIA

Para Leopoldo Jereissati, CEO da All Set Comunicação, agência especializada em varejo, a principal vantagem de se apostar numa extensão de marca está em poder carregar nesse novo negócio toda a reputação e confiança que o consumidor já tem em relação a iniciativa da marca.

No caso da Cacau Show, a tradição da marca pode transmitir confiança numa possível decisão de escolha num confronto com outra empresa. Entretanto, o especialista aponta que é preciso ter cuidado para não perder a essência ao adotar uma estratégia como essa.

Acostumados com a experiência vinda da compra de chocolates, os clientes certamente terão como expectativa uma experiência equivalente. Além disso, Jereissati aponta que por serem mercados diferentes, os riscos envolvidos aumentam.

"Até que produto ou extensão a sua marca faz sentido? Até que ponto a corda estica? Com resposta positiva do consumidor, me parece uma oportunidade de aproveitar uma base de consumidores muito grande para explorar novas receitas", diz.

Exemplos de marcas que fazem isso muito bem são a Disney e a Virgin, na opinião do especialista. Nesse último caso, uma produtora musical de origem, que diversificou com serviços aéreos, de transportes e outros negócios bastante diversos, manteve seu público fiel à marca garantindo a qualidade da experiência.

 

FOTO: Pixabay






Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade




Publicidade



Publicidade




Publicidade