Negócios

Brasileiros gastam 60% a mais em jogos do que em outros itens


Levantamento feito pela Visa Consulting & Analytics registra no segmento de games um tíquete médio de R$ 53, e 20% a mais gastos online que a média do País


  Por Redação DC 01 de Outubro de 2019 às 09:29

  | Da equipe de jornalistas do Diário do Comércio


Que o mercado dos games tem crescido exponencialmente, todo mundo sabe. Segundo levantamento realizado pela Visa Consulting & Analytics, os gamers têm movimentado 60% a mais do que a média dos consumidores brasileiros portadores de cartão Visa. Só em compras online, eles gastam 20% a mais do que a média dos demais portadores de cartões Visa.

Esse público faz quase 1.6 transações em produtos relacionados a games por mês, o que representa 20% do total de suas compras online.Seu tíquete médio em games é de R$ 53.

Ainda de acordo com os dados transacionados na rede Visanet, a maior concentração de transações com games no Brasil ocorre nas seguintes cidades: São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Curitiba e Belo Horizonte.

“Fatores como realidade aumentada e virtual, inteligência artificial e experiências diversas de imersão potencializam esse ‘boom’ de consumo digital de games no Brasil, e essas novidades têm guiado esse crescimento nas compras. O universo mobile e de smartphones também favorece o desenvolvimento dessa indústria. Tanto para o consumo de games – que são mais acessíveis-, quanto para o surgimento de pequenos e novos desenvolvedores de jogos”, explica Rodrigo Santoro, diretor executivo da Visa Consulting & Analytics.

A indústria gamer nacional tem aumentado seu alcance de negócios, oferecendo soluções diferenciadas, capazes de atender jogadores profissionais e ocasionais.

“Como os dados mostram, é um mercado de nicho extremamente importante, que busca por constantes inovações. É preciso oferecer também a segurança, flexibilidade e performance que tanto esperam”, completa Santoro.

FOTO: Pixabay