Negócios

Bradesco compra banco na Flórida por US$ 500 milhões


Operação visa o banco visa ampliar a oferta de investimentos nos EUA aos seus clientes de alta renda (Prime) e do Private Bank


  Por Estadão Conteúdo 06 de Maio de 2019 às 11:54

  | Agência de notícias do jornal O Estado de S.Paulo


O Bradesco anunciou na manhã desta segunda-feira, 6, a aquisição do BAC Florida Bank, nos Estados Unidos, por cerca de US$ 500 milhões.
 
Com a compra, conforme fato relevante ao mercado, o banco visa ampliar a oferta de investimentos nos EUA aos seus clientes de alta renda (Prime) e do Private Bank, além de outros serviços bancários, como conta corrente, cartão de crédito e financiamento imobiliário.

"Esta operação também proporcionará ao Bradesco a oportunidade de expandir negócios relacionados a clientes corporativos e institucionais", acrescenta o banco, no documento.

O BAC Florida oferece, a partir da Florida, por 45 anos, serviços financeiros nos EUA, com destaque para pessoas físicas de alta renda de não residentes. 

Segundo o Bradesco, a conclusão da operação, que poderá ocorrer em uma ou mais etapas subsequentes, está sujeita à aprovação dos órgãos reguladores competentes brasileiros e norte-americanos e ao cumprimento de formalidades legais.

O Bradesco contou com a assessoria financeira do Banco Bradesco BBI S.A. E assessoria jurídica do Shearman & Sterling LLP.

Em entrevista exclusiva ao Broadcast (sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado), há duas semanas, o presidente do Bradesco, Octavio de Lazari, já havia antecipado que o banco estava "aberto". 

Na ocasião, o executivo reforçou que a instituição não seria um banco de varejo fora do Brasil, o que se confirma com a aquisição anunciada nesta segunda-feira.