Negócios

Black Friday pode ser oportunidade para pequenas empresas


O Sebrae preparou algumas dicas para os micro e pequenos empresários aquecerem as vendas nessa data


  Por Agência Sebrae 31 de Outubro de 2016 às 18:50

  | Informações do Serviço Brasileiro de Apoio à Micro e Pequena empresa


A Black Friday vem se tornando um dos dias mais lucrativos para o comércio em todo o mundo. De acordo com pesquisa divulgada pelo Google, no ano passado, o evento foi mais forte para as vendas do que o Dias das Mães, tradicionalmente a segunda melhor data do varejo brasileiro.

Os pequenos negócios também podem aproveitar a Black Friday para aumentar as vendas, mas é preciso se planejar para a data, segundo Ruy Dias de Souza, diretor de atendimento do Sebrae. 

“É preciso se preparar para atender o público, garantir o estoque, gerir o investimento, pensar na margem de lucro, capacitar os funcionários. Nada deve ser feito às pressas, é preciso ter calma para os resultados serem positivos”, diz.

Dentro do planejamento, afirma o diretor do Sebrae, a capacitação deve ter espaço de destaque. Segundo ele, os empresários que pretendem intensificar suas vendas podem contar, por exemplo, com uma programação diversificada de cursos, palestras e oficinas par aos funcionários.

O Sebrae preparou algumas dicas para auxiliar donos de micro e pequenas empresas a aproveitarem a Black Friday, que neste ano acontece em 25 de novembro, para aumentar suas vendas e conquistar novos clientes.

LOJAS FÍSICAS

  • Prepare as vitrines de forma organizada;
  • Capacite suas equipes de atendimento e vendas;
  • Separe os produtos por categorias, tamanhos e preços;
  • Confira a quantidade dos produtos disponíveis no estoque;
  • Defina a política de troca;
  • Facilite a forma de pagamento.

LOJAS VIRTUAIS

  • Mantenha o site atualizado;
  • Facilite o preenchimento dos pedidos;
  • Deixe clara a política de troca e devolução,
  • Informe o estoque disponível;
  • Mantenha telefones, chats ou e-mails para esclarecer dúvidas;
  • Respeite o código de defesa do consumidor;
  • Use redes sociais para divulgas as promoções.

IMAGEM: Thinkstock