Negócios

Black Friday: capital de giro pode ajudar a reforçar o estoque


Empresários podem contar com a linha Crédito Digital da Desenvolve SP, com aprovação em até dois dias úteis, para se preparar para uma das datas mais importantes do comércio


  Por Redação DC 26 de Setembro de 2019 às 12:29

  | Da equipe de jornalistas do Diário do Comércio


A Black Friday só ocorre em novembro, mas desde já o empreendedor precisa se preparar para alcançar bons resultados em uma das datas mais importantes para comércio, assim como o Natal e o Dia das Mães.

Uma das alternativas é ter capital de giro para colocar em prática as estratégias que vão aumentar as vendas nesse cobiçado período do ano.

A linha Crédito Digital da Desenvolve SP - O Banco do Empreendedor foi recentemente ampliada com objetivo de atender ainda mais empreendedores paulistas.

A modalidade, pioneira entre agências de fomento no País e que aprova financiamentos para capital de giro em até dois dias úteis, passou a atender também as microempresas com faturamento anual a partir de R$ 81 mil. Antes, o limite mínimo de faturamento anual das companhias que podiam acessar os recursos era de R$ 360 mil.

As mudanças também beneficiam as empresas de médio porte. O teto do faturamento para pleitear os recursos da linha Crédito Digital aumenta de R$ 16 milhões para R$ 90 milhões/ano. Outra novidade é a ampliação do limite financiável, que salta de R$ 200 mil para até R$ 1 milhão.

Entre as vantagens para o interessado em buscar o financiamento estão a rapidez e a facilidade para realizar a operação.

“É um processo totalmente digital e que vai ao encontro das necessidades das micro, pequenas e médias empresas de todo o Estado. Com essas mudanças, poderemos ampliar o alcance da linha, potencializando a capacidade dos empresários paulistas em cumprir os compromissos mais imediatos”, afirma a superintendente de negócios da Desenvolve SP, Ana Paula Shuay.

Em 2019, a compra de matéria-prima e a recomposição de estoques foram as principais ações dos empresários que utilizaram esse tipo de crédito. Até o mês de agosto deste ano, a modalidade já desembolsou mais de R$ 27 milhões.

De acordo com uma pesquisa recente, realizada pelo Google, esse ano, pela primeira vez, o número de compradores em lojas físicas deve se igualar ao do comércio eletrônico na Black Friday. “Mais do que nunca os lojistas precisarão de um fôlego a mais nas contas para garantir bons resultados nesse período”, completa Shuay.

SOLUÇÃO INOVADORA 

A modalidade Crédito Digital é uma solução financeira inovadora da Desenvolve SP que desburocratiza o acesso do pequeno empreendedor ao capital de giro. O sistema, pioneiro no País, utiliza a certificação digital E-CNPJ para autenticar eletronicamente a operação e integrar a consulta a diversos bancos de dados (Jucesp, Sefaz, Cadin, Receita Federal, Bacen e Serasa Experian), o que permite a rápida aprovação das solicitações, em até dois dias úteis.

Empresas com faturamento anual entre R$ 81 mil e R$ 90 milhões podem solicitar o financiamento, que tem taxas de juros a partir de 0,93% (0,65% acrescidos da TLP) e prazo de 36 meses para pagar, já incluso o período de carência de três meses.

Os fundos garantidores também estão disponíveis para contratação dessa linha. Todo o processo, do pedido à aprovação do crédito, é feito através do site da Desenvolve SP (www.desenvolvesp.com.br).