Leis e Tributos

Mais de 520 mil empresas foram excluídas do Simples Nacional


Elas possuíam débitos pendentes com a Receita e a Fazenda Nacional


  Por Redação DC 15 de Janeiro de 2019 às 15:59

  | Da equipe de jornalistas do Diário do Comércio


Foram excluídas do Simples Nacional 521.018 empresas em virtude da não regularização dos débitos a partir de 1º de janeiro de 2019.

Em setembro de 2018, foram notificadas 732.664 empresas optantes pelo Simples Nacional que possuíam débitos previdenciários e não previdenciários com a Secretaria da Receita Federal do Brasil (RFB) e com a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN).

As empresas que não regularizaram foram as excluídas a partir deste mês.

CONDIÇÕES PARA REENQUADRAMENTO

A empresa excluída pode solicitar nova opção no Portal do Simples Nacional até 31 de janeiro de 2019, desde que regularize seus débitos antes desse prazo.

A regularização pode ser efetuada com pagamento à vista ou por meio de parcelamento. As instruções referentes ao parcelamento estão disponíveis no menu Simples – Serviços do Portal do Simples Nacional.

LEIA MAIS: Veja quais categorias foram desenquadradas do MEI em 2019

 

IMAGEM: Pixabay