Leis e Tributos

Impostômetro mostra que brasileiro já pagou R$ 1,3 tri em tributos


O valor foi alcançado dois dias depois do que em 2015, o que mostra que houve queda na arrecadação de um ano para outro


  Por Redação DC 30 de Agosto de 2016 às 15:47

  | Da equipe de jornalistas do Diário do Comércio


O Impostômetro da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) atingiu a marca de R$ 1,3 trilhão nesta terça-feira (30/08) às 7h10.

O montante representa o total de taxas, impostos e contribuições pagos pela população brasileira desde o começo do ano. 

O valor foi alcançado dois dias depois do que em 2015, o que mostra que houve queda na arrecadação de um ano para outro.

Alencar Burti, presidente da ACSP, avalia que esse recuo deverá ser revertido nos próximos meses. “É provável que a arrecadação tributária – e, consequentemente, o número mostrado pelo Impostômetro - se acelere no último trimestre de 2016, já que a atividade econômica dá sinais de recuperação", afirma Burti, que também preside a Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp).

Segundo ele, outro fator que vai contribuir para a elevação da arrecadação é que o fim do ano é um período mais favorável para os negócios, em especial para o varejo, aquecendo a economia. 

O Impostômetro foi inaugurado em 2005 pela ACSP para conscientizar o cidadão sobre a alta carga tributária e incentivá-lo a cobrar os governos por serviços públicos de qualidade. 

O painel está localizado na sede da ACSP, na Rua Boa Vista, centro da capital paulista. Outros municípios se espelharam na iniciativa e instalaram seus próprios painéis, como Florianópolis, Guarulhos, Manaus, Rio de Janeiro e Brasília.

FOTO: Thinkstock