Leis e Tributos

Impostômetro: arrecadação vai atingir R$ 600 bilhões


O valor é referente ao montante arrecadado pela União, Estados e Municípios, desde o início do ano


  Por Redação DC 22 de Março de 2019 às 15:53

  | Da equipe de jornalistas do Diário do Comércio


O total de impostos, taxas e contribuições pagos pelos contribuintes brasileiros em 2019 alcançará a cifra de R$ 600 bilhões. O registro será feito nesta segunda-feira, 25/03, às 16 horas, pelo painel do Impostômetro da Associação Comercial de São Paulo (ACSP), localizado no centro da capital paulista.

No ano passado esse mesmo valor foi registrado dia 31/3. “A evolução da arrecadação mostra que o desequilíbrio das finanças públicas está do lado das despesas e que ele precisa ser combatido, pois mesmo que se acelere o ritmo de crescimento da economia não será possível colocar as contas do governo em dia”, diz Marcel Solimeo, economista da ACSP.

De acordo com ele, apesar de o montante ser indício de um lento aquecimento da atividade econômica, espera-se que o governo consiga reduzir substancialmente o rombo de R$ 100 bilhões provocado pelos gastos públicos.

“Paralelamente a isso, tem-se a expectativa da classe empresarial quanto à concretização das reformas fiscais e da Previdência e também em relação à desvinculação das receitas e despesas do orçamento público, o que possibilitaria realocá-las de acordo com as prioridades da sociedade”.

O Impostômetro foi implantado em 2005 pela ACSP para conscientizar os brasileiros sobre a alta carga tributária e incentivá-los a cobrar os governos por serviços públicos de mais qualidade.

Está localizado na sede da ACSP, na Rua Boa Vista, centro da capital paulista. Outros municípios e capitais se espelharam na iniciativa e instalaram seus painéis. No portal do Impostômetro é possível visualizar valores arrecadados por período, estado, município e categoria.

 

IMAGEM: Paulo Pampolin/Hype