Leis e Tributos

Como o MEI deve informar os rendimentos no IR? E os autônomos?


O Diário do Comércio, em parceria com a consultoria Sage, esclarece suas dúvidas sobre o Imposto de Renda. Envie sua pergunta para contato@dcomercio.com.br


  Por Redação DC 22 de Março de 2018 às 19:13

  | Da equipe de jornalistas do Diário do Comércio


Sou Microempreendedor Individual (MEI). Em qual campo coloco os valores recebidos?

Sage Responde - A partir da formalização, o Microempreendedor Individual (MEI) poderá fazer retiradas a título de lucros ou pró-labore. Os lucros são isentos do imposto de renda até o limite dos percentuais estabelecidos na legislação ou em valor maior, se apurado mediante contabilidade. No caso de serviços, aplique 32% sobre a receita mensal para achar seu rendimento isento e informe na linha 09 (Lucros e dividendos recebidos), da ficha “Rendimentos Isentos e Não Tributáveis”. O valor excedente é tributável e junto com os demais valores, como do pró-labore, salários percebidos, entre outros, são tributados na fonte e na Declaração de Ajuste Anual e informados na ficha “Rendimentos Tributáveis Recebidos de Pessoa Jurídica”.

 

Em 2017 contribuí para a Previdência Social como autônomo. Como devo deduzir esses valores na declaração de ajuste?

Sage responde - Se os rendimentos de autônomo foram recebidos de pessoa física, a contribuição para a Previdência Social deve ser informada na ficha “Rendimentos Tributáveis Recebidos de PF/Exterior”, coluna “Previdência Oficial”. Por outro lado, se os rendimentos forem recebidos de pessoa jurídica, a contribuição será informada na ficha “Rendimentos Tributáveis Recebidos de Pessoa Jurídica”.

 

LEIA MAIS:

Veja como declarar bens financiados no Imposto de Renda

É preciso declarar moeda virtual no Imposto de Renda?

O médico não emitiu nota fiscal. Como comprovar os gastos no IR?

Conheça as novidades do Imposto de Renda 2018