Leis e Tributos

Arrecadação acelera no início do ano, mostra Impostômetro


O painel atinge os R$ 200 bilhões na sexta-feira, valor que terá saído do bolso dos contribuintes e entrado nos cofres públicos


  Por Redação DC 26 de Janeiro de 2017 às 18:02

  | Da equipe de jornalistas do Diário do Comércio


O Impostômetro da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) atinge a marca de R$ 200 bilhões nesta sexta-feira (27/1), às 21 horas. O valor representa o total de impostos, taxas e contribuições pagos pelos brasileiros desde o início do ano.

No ano passado esse mesmo montante foi alcançado quatro dias depois, em 31/1, o que aponta aumento da arrecadação de um ano para outro.  

“O crescimento da arrecadação no período é pontual e, em grande parte, reflete o movimento da economia em dezembro de 2016, já que os impostos são recolhidos no mês seguinte. Nossa expectativa é de uma recuperação gradual da economia, com reflexo positivo na arrecadação em 2017”, destaca Alencar Burti, presidente da ACSP e da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp).

No ano passado, o Impostômetro ultrapassou a marca de R$ 2 trilhões – esse valor foi registrado no dia 29/12. 

No portal do Impostômetro é possível visualizar os valores arrecadados por período, estado, município e categoria (produção, circulação, renda, propriedade). 

O painel foi implantado em 2005 pela ACSP para conscientizar o cidadão sobre a alta carga tributária e incentivá-lo a cobrar os governos por serviços públicos de qualidade. Está localizado na sede da ACSP, na Rua Boa Vista, centro da capital paulista. Outros municípios se espelharam na iniciativa e instalaram painéis, como Florianópolis, Guarulhos, Manaus, Rio de Janeiro e Brasília. 

IMAGEM: Paulo Pampolin/Hype






Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade




Publicidade



Publicidade




Publicidade