Leis e Tributos

ACSP defende aprovação da MP da Liberdade Econômica


Em carta de apoio à aprovação da medida votada pela Câmara dos Deputados, Alfredo Cotait Neto, presidente da entidade, defende a criação de um ambiente de negócios favorável ao empreendedorismo no país e ao desenvolvimento econômico


  Por Redação DC 16 de Agosto de 2019 às 12:33

  | Da equipe de jornalistas do Diário do Comércio


Em uma carta de apoio à aprovação da MP da Liberdade Econômica, votada na última quarta-feira (14/8), pela Câmara dos Deputados, Alfredo Cotait Neto, presidente da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) e  da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp), defende a criação de um ambiente de negócios favorável ao empreendedorismo no país e ao desenvolvimento econômico.

Veja a declaração:

“A aprovação da MP 881 é muito bem vista pela ACSP e pela Facesp, que apoiaram integralmente toda a sua tramitação na Câmara.

Apoiamos os princípios que norteiam essa Medida Provisória, que são exatamente os princípios que a ACSP defende: dar liberdade para o empresário trabalhar, empreender, gerar riquezas e oferecer empregos. Agora, vamos acompanhar junto ao Senado e torcer para que seja aprovada sem modificações, para não ter que voltar para a Câmara.

Vamos começar imediatamente um trabalho de divulgação, tão logo ela seja aprovada no Senado. Precisamos que todos os empresários conheçam seus direitos e lutem por um ambiente de negócios menos burocrático.

Os empresários terão maior liberdade para trabalhar, liberdade para contratar, prevalência do negociado sobre o legislado e muitos outros aspectos altamente positivos, inclusive a criação da Empresa Individual de Responsabilidade Ilimitada, que é um grande avanço para empresas menores, pois o empresário poderá abrir um negócio sem colocar em risco o seu patrimônio familiar”.

Alfredo Cotait Neto, presidente da ACSP e Facesp.