Gestão

Lojistas da 25 de Março distribuem máscaras aos consumidores


Comerciantes locais lançam nesta quinta-feira, 9/07, campanha para conscientizar a população a não se expor ao risco de contaminação. Região também conta com ponto de coleta de exames para testagem da covid-19 na Galeria Pagé


  Por Redação DC 09 de Julho de 2020 às 13:10

  | Da equipe de jornalistas do Diário do Comércio


Começa nesta quinta-feira (09/07) campanha dos lojistas da 25 de março para conscientizar colaboradores e consumidores sobre a necessidade de não se exporem ao risco de contaminação pelo novo coronavírus. 

OBJETIVO É CONSCIENTIZAR FUNCIONÁRIOS E CONSUMIDORES

Além de faixas, totens e cartazes educativos espalhados pela região, serão distribuídas máscaras para quem circular pelas ruas da região. Também foi implantado um ponto de coleta laboratorial de exames de testagem da covid-19 no posto de enfermagem localizado na Galeria Pagé.  

LEIA MAIS:ACSP repudia multa aos comerciantes por clientes sem máscara

Todos os compromissos sanitários estão sendo adotados pelos lojistas dentro dos estabelecimentos, desde os cuidados com os funcionários até com os clientes, de acordo com Cláudia Hurias, assessora executiva da Univinco (União dos Lojistas da 25 de Março e Adjacências).

Mesmo com aferição de temperatura na entrada das lojas, álcool gel disponível por todo o estabelecimento e medidas de distanciamento social para evitando aglomeração, a grande preocupação, segundo Cláudia, é com a obrigatoriedade do uso de máscara.

"Muitos ainda insistem em não usar ou usam de forma inadequada, colocando sua saúde e a do coletivo em risco. A campanha serve para que todos que precisarem ir para a 25 de Março se sintam seguros", afirma. 

Vale lembrar também que o governo paulista agora aplicará multas às lojas flagradas com pessoas sem a proteção em seu interior. 

O ponto de coleta de exames (IgG e IgM) é direcionado aos lojistas, colaboradores e ao público, com custo variável entre R$ 160 e R$ 180, e os resultados saem em 15 minutos. De acordo com a Univinco, todos são encaminhados para controle da Secretaria Municipal de Saúde.

FOTO: Divulgação Univinco