Gestão

Google aponta itens mais pesquisados para o Dia das Crianças


Nos últimos dias, cresceram 139% as buscas pelo termo 'faz de conta', que envolve itens como microfone infantil e cozinhas de brinquedo


  Por Estadão Conteúdo 07 de Outubro de 2020 às 15:40

  | Agência de notícias do jornal O Estado de S.Paulo


As buscas com o termo "dia das crianças" cresceram 50% na semana de 26 de setembro a 2 de outubro, ante o mesmo período do ano passado. Dentre as categorias e presentes mais buscados, o termo "faz de conta" é o que mais avançou, com alta de 139%. A categoria engloba brinquedos como cozinha de brinquedo e até microfone infantil. Os dados são de um levantamento do Google. 

Os campeões de buscas até agora mostram que as famílias querem investir na criatividade dos pequenos. Depois de "faz de conta", vêm os "brinquedos de montar", que envolvem blocos de encaixe e brinquedos educativos. A alta de buscas para este termo foi de 84%.

Na sequência estão os "veículos de brinquedo". Com crescimento de 75%, eles vão de carrinhos a locomotivas em miniatura.

Os "brinquedos de atividades", como beyblade, ioiô e bolinha de gude avançaram 64% no interesse dos internautas, seguidos pelas bonecas, com alta de 63%.

E como a criançada parece ter cansado de brincar dentro de casa, a lista dos mais procurados também tem os "equipamentos para brincadeiras ao ar livre", que subiram 57%. Nessa categoria estão escorregador infantil, pula-pula, cabana infantil, cama elástica e até casinha para criança.

As categorias de produto como brinquedos, games e livros também avançaram em 40%, 38% e 34% em relação ao ano passado.

Segundo o Google, baseado nos anos anteriores, "as buscas devem crescer exponencialmente nesta semana até atingir o pico no dia 12 de outubro".

Em 2018, as buscas por termos relacionados com a data cresceram 53 vezes entre os dias 5 e 12 de outubro. No mesmo período de 2019, o crescimento foi de 86 vezes.

COMÉRCIO DE RUA

Para a Associação Comercial de São Paulo (ACSP), o Dia das Crianças traz perspectivas positivas . "Temos a expectativa de que as vendas aumentem de 15% a 20% em relação aos números registrados no último balanço", projeta Marcel Solimeo, economista da ACSP.

Segundo dados preliminares da Boa Vista Serviços, o mês de setembro fechou com elevação média de 20,9% nas vendas na comparação com agosto. A alta, porém, é menor do que a registrada na primeira quinzena de setembro, que foi de 35,8% em relação aos mesmos 15 dias de agosto.

A diferença é que nesse período aconteceu a Semana Brasil, período de promoções. A sazonalidade do Dia das Crianças, portanto, deve trazer números positivos para o comércio.

"Embora o Dia das Crianças não seja a data mais importante do calendário comemorativo, é uma data é importante para os segmentos de brinquedos e roupas infantis. É possível que, por conta de as crianças estarem em casa, os pais tenham ainda mais interesse em presenteá-las para entretê-las", explica Solimeo.

 

IMAGEM: DC





Publicidade





Publicidade





Publicidade