Gestão

Filiado à ACSP terá linha especial para antecipação do 13° salário


A Associação Comercial de São Paulo fechou parceria com a cooperativa de crédito Sicredi. Juntas, passam a oferecer uma série de serviços financeiros em condições especiais para os empresários


  Por Redação DC 23 de Novembro de 2018 às 17:42

  | Da equipe de jornalistas do Diário do Comércio


Uma parceria entre a cooperativa de crédito Sicredi e a Associação Comercial de São Paulo (ACSP) permite que as empresas associadas à entidade tenham acesso a condições especiais em linha de crédito voltada à antecipação do 13° salários para os funcionários.

Vale lembrar que a primeira parcela do 13° salário precisa ser paga até o dia 30 de novembro. Já a segunda parcela, até dia 20 de dezembro. Esse benefício aos empresários permite que o capital de giro da empresa não seja comprometido pelo cumprimento da obrigação trabalhista.

LEIA MAIS: Associação Comercial lança Black Friday do Empresário

Esse serviço exclusivo para os associados faz parte de uma parceria bem mais ampla firmada entre a ACSP e a Sicredi, que nos próximos meses irá montar uma estrutura financeira em cada uma das 15 distritais da associação comercial espalhadas pela capital paulista.

“Queremos oferecer crédito e remunerar o capital de maneira mais justa para o empresário, praticando taxas abaixo da média do mercado”, diz João Bico, vice-presidente da ACSP e coordenador das sedes distritais da entidade.

Segundo o vice-presidente, os postos da Sicredi instalados nas distritais da ACSP estarão abertos para o público em geral, Pessoa Jurídica ou Física, mas os serviços financeiros serão oferecidos com preços diferenciados para os associados.  

O associado da ACSP terá, por exemplo, 48 meses de isenção no pacote de serviços, isenção de cinco anos na anuidade de cartão de crédito, conseguirá taxa média de 1,95% para antecipação de recebíveis e taxa média de 1,85% para antecipação de cartão de crédito. No caso de crédito para capital de giro, com prazo de pagamento em até 60 meses, a taxa média será de 1,94%.

Segundo João Bico, na Irlanda, 74% do crédito disponibilizado ao mercado têm como origem as cooperativas de crédito. Nos Estados Unidos, esse volume é de 52% e, no Canadá, 46,7% do crédito é colocado no mercado por fora do sistema financeiro tradicional.

Já no Brasil, as cooperativas respondem por apenas 3% do crédito oferecido. “Por aqui, o crédito está concentrado nas mãos dos cinco grandes bancos. Com essa parceria firmada com a Sicredi, vamos ajudar a modificar o perfil do sistema financeiro do Brasil”, acredita o vice-presidente da ACSP.  

IMAGEM: Thinkstock