Gestão

Compartilhar serviços beneficia a inovação


De invenções tecnológicas a mimos para animais de estimação, os irmãos Chen prometem ser os novos empreendedores seriais do mercado. E contam com os serviços da ACSP para crescer


  Por Inês Godinho 15 de Dezembro de 2015 às 08:00

  | Jornalista especialista em sustentabilidade e gestão, a editora atuou no Estadão, na Editora Abril e na Folha de S. Paulo


 

 

Os gêmeos Rodrigo e Ricardo Chen têm 34 anos. Em 12 anos, desde que entraram juntos no curso de engenharia mecatrônica na Escola Politécnica, abriram seis empresas; cinco estão em andamento em São Paulo. Eles são associados da ACSP e contrataram o serviço do ACCelular justamente porque precisam otimizar tempo e recursos.

Os dois têm uma gaveta cheia de novos projetos à espera das condições oportunas de implantação. O que eles não deixam de fazer é experimentar, testar, mudar o modelo até a iniciativa andar bem.

Todas estão apoiadas em produtos ou serviços inovadores – empresa de compras de livros e equipamentos para o mercado universitário brasileiro; uma distribuidora internacional de calculadoras científicas (BRTC), concorrente da HP; um serviço de cartão de descontos (Mais Descontos); uma produtora de brindes ecológicos (Pet Brindes); padaria para pets em sistema de franquia; e uma desenvolvedora de sistemas de automação residencial de baixo custo (Ideia Labs), em fase de captação de investimentos.

LÂMPADA LED PODE SER CONTROLADA PELO CELULAR

 

Das seis, apenas a empresa de compras foi desativada. Sozinho, Rodrigo desenvolveu a startup Ideiatec, para vender um sistema de código de barra para varejo que poderia ter um efeito disruptivo no serviço. Por enquanto, a ideia voltou para a gaveta, depois de ser oferecida para o Walmart nos Estados Unidos. 

“Não paramos de inventar e tentar colocar projetos em prática”, brinca Rodrigo. “Conseguimos aproveitar o grande aprendizado que a faculdade proporcionou quando criou uma disciplina de empreendedorismo.”

GASTRONOMIA CANINA

A empreitada mais recente, e para a qual concentraram esforços, é a padaria para animais de estimação. Sim, caro leitor, os cachorros e gatos ganharam um lugar especial para provar delícias como cupcake adoçado com mel, brigadeiros de leite condensado e até bolo de aniversário para levar para casa. Para o Natal, foi criada uma linha completa. Do lado, os empresários instalaram uma cafeteria para que os donos não se sintam preteridos e tenham os mesmos mimos que seus pets.

PRODUTOS NATALINOS DA PADARIA PET

Implantada no bairro de Pinheiros, em uma rua conhecida pelos negócios descolados, a padaria ganha uma segunda unidade em dezembro, no bairro Jardins. Será a loja modelo para alavancar a rede de franquias já inteirinha planejada. Em outra frente, criaram uma frota de unidades móveis da padaria para circular pela cidade e difundir a ideia. Parece que os pets entraram na moda dos food trucks.

A GENÉTICA EXPLICA

A gênese do espírito empreendedor dos irmãos Chen pode ser encontrada em Cotia. O pai tinha 3 anos quando chegou no Brasil com a família, vindos da China. Na década de 1970, fundou a Lifon Eletro Metalúrgica para fazer acessórios de segurança domiciliar, como as espirais para muros. Os dois irmãos não chegaram a trabalhar na empresa da família. O pai logo os empurrou para ter os próprios negócios.

 “Sempre tocamos nossos projetos com investimento próprio”, explica Rodrigo. A boa relação com o irmão sócio vem de berço. “A família é muito unida, temos muita confiança uns nos outros e isto explica a facilidade para criar negócios”, ele avalia.

A grande preparação para o empreendedorimos aconteceu mesmo durante o curso universitário na Politécnica. Mas Ricardo completou a formação com um MBA e Rodrigo fez mestrado em engenharia.

Os dois tiveram sua fase no mercado para ganhar experiência, em empresas e bancos. “Só constatamos que nosso negócio é empreender”, disse Rodrigo. Há objetivos e metas definidos na vida dos irmãos, como a determinação de tirar dois negócios do papel em 2015. 

MAIS BENÉFICO EM GRUPO

 Enquanto Rodrigo exerce seu talento técnico na parceria e cuida da administração, Ricardo ocupa o espaço de comunicador e relações públicas. Ele participa de diversas associações setoriais e sociais e é conselheiro na Distrital Pinheiros da ACSP. “Não dá para ficarmos sozinhos no mercado”, defende. “Temos que juntar forças com os pares do setor, atuar em rede, negociar em conjunto.”

Um exemplo de resultado desse espírito de associação, para Rodrigo, é o serviço ACCelular, da ACSP. “Além de falarmos entre nós da empresa gratuitamente, podemos fazer o mesmo com os outros associados. Acho muito interessante as possibilidades de sinergia que as iniciativas da ACSP têm.”  

As características do serviço oferecido pela ACSP foram pensadas especialmente para poupar, o tempo e esforços dos associados que contratam o produto, além de conseguir custos menores por ser distribuído em grande escala.

“Os problemas enfrentados pelos clientes corporativos nos contratos com as operadoras podem representar um forte ponto de estresse. Essas empresas, como é bem conhecido, lideram as reclamações no Procon”, afirma Othavio Parisi, superintendente comercial da ACSP. 

De acordo com Parisi, o ACCelular foi concebido para tirar das empresas este foco de tensão. “Qualquer problema, de cobrança errada a falhas técnicas, passa a ser negociado pela equipe da associação, sem que o associado precise se envolver. Há uma relação muito próxima com o cliente, que seria impensável para uma operadora.” 

Foram estas características que levaram os irmãos Chen a contratar o ACCelular. “Quando contratados em conjunto, é possível melhorar os custos e as condições dos produtos para todos.” 

Para 2016, os dois irmãos não pretendem inventar nenhum negócio novo. Estão determinados a colocar foco total na proposta de franquear a padaria de pets.

Pela primeira vez, se preparam para buscar capital no mercado para financiar as lojas. Até então, o máximo a que haviam se exposto era no sistema de investidor anjo e crowdfunding, usados para alavancar a Ideia Labs, de automação residencial. “Vamos dar escala à rede de lojas”, eles prometem. 


Para conhecer melhor a ACSP e seus serviços, clique aqui