Gestão

6 dicas para capturar clientes com o Pokémon Go


Aprenda a atrair jogadores para caçar e, de quebra, consumir produtos e serviços


  Por Agência Sebrae 26 de Agosto de 2016 às 18:31

  | Informações do Serviço Brasileiro de Apoio à Micro e Pequena empresa


Disponível no Brasil desde o início do mês, o jogo Pokémon Go é uma febre mundial.

Antes mesmo de ser lançado no Brasil, já tinha sido baixado por mais de 100 milhões de pessoas e já gerou uma onda de crianças, jovens e adultos apontando seus smartphones por aí.

Por que, então, não aproveitar a onda para turbinar suas vendas e atrair jogadores? Como chegou há pouco tempo, poucas informações estão disponíveis sobre essa novidade, mas não dá para dispensar esta oportunidade.

LEIA MAIS: Empresas brasileiras entram na onda do Pokémon Go

A distribuição dos monstrinhos é aleatória, não dá para prever se haverá algum no seu estabelecimento ou nos arredores.

Mesmo assim, você pode atrair os jogadores para consumirem seus produtos ou serviços.

LEIA MAIS: Pokémon Go: o fenômeno mundial deve chegar ao Brasil

“Antes de tudo, os empresários devem avaliar se querem atrair esse perfil de público. As informações sobre como aproveitar essa onda tendem a aumentar. Ficaremos de olho para que os pequenos negócios tirem o máximo proveito do Pokémon Go e do que sua tecnologia pode trazer de valioso para os empreendedores”, afirma Hugo Cardoso, analista de atendimento do Sebrae.

O especialista dá algumas dicas:

1- Tire fotos dos Pokémon em seu estabelecimento.

Caso apareça algum bichinho perto do seu negócio, tire uma foto dele e poste nas redes sociais, avisando que eles estão por perto. Isso pode atrair mais pessoas para a rua em que seu negócio se encontra. Quanto mais raro o Pokémon, melhor!

2- Promova sua empresa nas redes sociais

Já imaginou como seria trocar uma foto de um jogador, dentro da sua loja, por um desconto em determinado item? E que tal premiar a foto mais curtida de um Pokémon junto à sua marca? Aqui, a ideia é incentivar os jogadores a marcarem sua loja nos seus posts pessoais e oferecer-lhes facilidades.

3- Identifique seu negócio com os diferentes times

Existem pontos específicos nas cidades, chamados de pokéstops e ginásios. Nos pokéstops, os jogadores podem obter itens de jogo, como as pokébolas, que são utilizadas para a captura de Pokémons.

Nos ginásios, as equipes se enfrentam para conquistar aquele local. Os jogadores devem procurar esses pontos na cidade e cabe a cada empreendedor criar a melhor forma de atrair esse movimento para seu empreendimento.

Por exemplo, é possível realizar promoções para jogadores de determinado time (os jogadores são divididos em times, nas cores azul, vermelha e amarela). Outra sugestão: oferecer sobremesa de cortesia (ou outro mimo) aos jogadores do time azul, nas segundas-feiras.

4- Acione o lure

Caso o seu empreendimento esteja perto de um pokéstop, fique atento ao lure Pokémon, ou o acione você mesmo. O lure aumentará a quantidade de Pokémons que aparecerão nos arredores e os jogadores que estiverem por perto podem ser atraídos para o seu estabelecimento. Esse é o momento de promover sua empresa e demonstrar seu apoio aos jogadores.

5- Ajude os jogadores!

Oferecer tomada para a recarga de celulares e até serviço de motorista para os caçadores são iniciativas que podem atrair novos clientes para o seu estabelecimento. 

6- Mantenha clara a sinalização

Ao jogar no celular, os jogadores costumam ficar mais atentos à tela do smartphone do que à rua. Faça sinalizações sonoras ou na calçada como forma de potencializar seus resultados.

LEIA MAIS: Febre do Pokémon Go preocupa pais nos EUA

FOTO: Thinkstock