Finanças

Taxa do cheque especial volta a subir em agosto


Juro médio foi de 13,52% ao mês em agosto, alta de 0,06 ponto percentual em relação ao mês anterior, segundo pesquisa do Procon de São Paulo


  Por Agência Brasil 09 de Agosto de 2016 às 18:36

  | Agência de notícias da Empresa Brasileira de Comunicação.


A taxa média do cheque especial nos bancos em agosto foi de 13,52% ao mês (a.m.), alta de 0,06 ponto percentual (p.p.) em relação ao mês anterior, segundo pesquisa do Procon de São Paulo.

Das sete instituições financeiras que fazem parte da amostra, três elevaram a taxa do cheque especial e nenhuma do empréstimo pessoal.

A maior alta foi encontrada no Banco do Brasil, que alterou de 12,61% para 12,83% a.m., o que significa uma variação positiva de 1,74% em relação à taxa de julho de 2016.

Outra alta foi verificada no Bradesco, que alterou de 12,99% a.m. para 13,15% a.m., variação positiva de 1,23%.

A Caixa Econômica Federal alterou de 12,88% a.m. para 12,93% a.m., variação positiva de 0,39%. Os demais bancos mantiveram suas taxas do cheque especial.

Na modalidade empréstimo pessoal, a taxa média dos bancos pesquisados em agosto foi de 6,56% a.m., igual à do mês anterior. Nenhuma instituição pesquisada alterou suas taxas. A Caixa Econômica Federal continua com a menor taxa praticada, de 5,50% a.m., e o Santander com a maior, de 8,49% a.m.

FOTO: Thinkstock






Publicidade





Publicidade







Publicidade