Finanças

Procura por crédito continua elevada entre as MPEs


Estudo do Sebrae aponta que, na última semana de agosto, 72% das empresas de pequeno porte buscaram empréstimos. A maioria não conseguiu


  Por Redação DC 23 de Setembro de 2020 às 17:19

  | Da equipe de jornalistas do Diário do Comércio


As medidas restritivas foram amenizadas nos últimos meses, permitindo que mais gente saísse às ruas e empresas voltassem a funcionar. Mas a retomada da atividade econômica é lenta, por isso os empresários ainda dependem do crédito para continuarem ativos.

A busca por empréstimos segue elevada, principalmente entre as micro e pequenas companhias, segundo um levantamento realizado pelo Sebrae, em parceria com a FGV, entre os dias 27 e 31 de agosto.

No período do estudo, 72% das empresas de pequeno porte afirmaram ter buscado crédito. No caso das microempresas, 60% foram atrás de recursos financeiros.

A plataforma digital de concessão de crédito Gyra+ informa que, ao longo da pandemia, a busca das empresas de menor porte por empréstimo cresceu 300% em sua base.

O valor do crédito requisitado na plataforma nesse período variou de R$ 10 mil a R$ 100 mil, solicitados principalmente por prestadores de serviços de alimentação e e-commerce.

Sul e Sudeste foram as regiões que mais solicitaram crédito, segundo a Gyra+.

Segundo o estudo do Sebrae, 61% das empresas que tentaram financiamentos no final de agosto, não conseguiram obter.

 

IMAGEM: Thinkstock





Publicidade





Publicidade





Publicidade