Finanças

Linha de crédito para franquias terá juros a partir de 0,83%


Parceria entre Caixa e ABF prevê atingir até 89 mil franqueados e centenas de franqueadores em todo Brasil que, com os impactos da pandemia, têm demanda por crédito estimada em R$ 3,7 bi


  Por Redação DC 19 de Junho de 2020 às 08:53

  | Da equipe de jornalistas do Diário do Comércio


As políticas de isolamento social e o fechamento dos shoppings tiveram grande impacto no setor de franquias. Segundo o último levantamento da ABF (Associação Brasileira de Franchising), metade das franquias apresentou uma queda de faturamento superior a 25% na segunda quinzena de março.

Para minimizar esses reflexos e auxiliar os empreendedores a atravessar esta situação, a Caixa e a ABF assinaram um convênio visando facilitar o acesso ao crédito para essas empresas. Estudo da ABF mostra que as redes associadas à entidade têm uma demanda de crédito de cerca de R$ 3,7 bilhões. Em relação aos franqueados, a ABF estima que a demanda média de crédito seja de cerca de R$ 93 mil por unidade. 

LEIA MAIS:  'Falta de resultado machuca. Mas falta de caixa mata'

A parceria prevê soluções em crédito e serviços bancários, além de uma esteira diferenciada de atendimento e benefícios específicos para franqueados de redes associadas à ABF e franqueadores associados atendidos pela área de Varejo da Caixa, de acordo com o porte da empresa.

Como benefícios, destacam-se duas linhas de crédito especiais: uma pós-fixada, destinada a empresas com faturamento anual fiscal superior a R$ 360 mil, com juros a partir de 0,83% ao mês mais TR, prazo de até 60 meses e carência automática de 3 meses e outra pré-fixada, voltada a MPEs com juros a partir de 1,40% ao mês, prazo de 48 meses e carência automática de 3 meses.

O pacote de benefícios inclui Cartão Empresarial com isenção da 1ª anuidade, Cheque Empresa (taxa de 8,9% ao mês), capital de giro com 28% de desconto em relação à taxa de balcão e desconto de 50% por 6 meses na adesão às cestas de serviços novas ou upgrade de cesta existente. As condições valem para empresas com 12 meses de faturamento, enquadramento em alguns critérios da instituição e análise de crédito. 

Jeyson Cordeiro, diretor da estratégia de Varejo da Caixa, afirma que “a parceria posiciona a Caixa em um dos setores mais estratégicos do mercado, permitindo às franquias e seus franqueados acesso ao crédito com taxas justas neste momento de grande necessidade”.  

LEIA MAIS:  Redes agem para ajudar franqueados a ultrapassar crise

Presidente da ABF, André Friedheim diz que “a parceria com a Caixa chega em um momento fundamental para o franchising nacional: a luta por se adaptar ao cenário atual e manter os negócios operando. De forma geral, as franquias têm grande capacidade de adaptação, mas precisam de recursos para manter seu caixa e honrar seus compromissos", afirmou. 

Para Friedheim, essa parceria vai facilitar muito o acesso ao crédito e em condições atraentes. "É importante ressaltar que as condições são válidas para franqueados de redes associadas e franqueadores atendidos pela área de Varejo da Caixa, de acordo com o porte e condições da instituição”.

Com um faturamento de R$ 186,7 bilhões em 2019, o franchising brasileiro possui mais de 161 mil unidades em operação com 1,361 milhão de empregos diretos, estando presente em mais de 40% dos municípios do país.

O grande motor do setor na ponta são os franqueados, na sua grande maioria, pequenos empreendedores que se unem a uma marca reconhecida, com produtos e serviços testados para levar uma oferta diferenciada às suas localidades. O franqueado tem acesso a orientação e treinamento da franqueadora e recursos compartilhados como sistemas, processos, tecnologias, práticas gerenciais e comunicação - o que reduz consideravelmente a taxa de mortalidade quando se comparado a negócios isolados.  

O convênio tem o potencial de atingir até 89 mil franqueados e centenas de franqueadores associados a ABF em todo Brasil. Por meio do convênio firmado, as empresas associadas à ABF poderão ser abordadas diretamente pelos gerentes da Caixa, ou caso ainda não faça parte da parceria, poderão manifestar interesse através do portal Caixa Com Sua Empresa, preenchendo o formulário e selecionando a ABF como parceira.

Para ter acesso às condições, franqueadores e franqueados podem procurar uma das agências da Caixa ou manifestar sua intenção de relacionamento aqui.  

FOTO: Thinkstock