Finanças

Juro do rotativo do cartão vai a 278,7% ao ano


juro médio total cobrado no rotativo do cartão de crédito subiu 4,7 pontos percentuais de agosto para setembro, aponta BC


  Por Estadão Conteúdo 26 de Outubro de 2018 às 11:15

  | Agência de notícias do Grupo Estado


O juro médio total cobrado no rotativo do cartão de crédito subiu 4,7 pontos percentuais de agosto para setembro, informou nesta sexta-feira (26/10), o Banco Central. Com isso, a taxa passou de 274,0% para 278,7% ao ano.

O juro do rotativo é uma das taxas mais elevadas entre as avaliadas pelo BC. Dentro desta rubrica, a taxa da modalidade rotativo regular passou de 250,3% para 259,9% ao ano de agosto para setembro. Neste caso, são consideradas as operações com cartão rotativo em que houve o pagamento mínimo da fatura.

Já a taxa de juros da modalidade rotativo não regular passou de 291,3% para 292,2% ao ano. O rotativo não regular inclui as operações nas quais o pagamento mínimo da fatura não foi realizado.

No caso do parcelado, ainda dentro de cartão de crédito, o juro passou de 166,7% para 164,5% ao ano.

LEIA MAIS: O Nobel de Economia e o rotativo do cartão de crédito

Considerando o juro total do cartão de crédito, que leva em conta operações do rotativo e do parcelado, a taxa passou de 60,6% para 63,0% de agosto para setembro.

Em abril de 2017, começou a valer a nova regra que obriga os bancos a transferir, após um mês, a dívida do rotativo do cartão de crédito para o parcelado, a juros mais baixos.

A intenção do governo com a nova regra era permitir que a taxa de juros para o rotativo do cartão de crédito recuasse, já que o risco de inadimplência, em tese, cai com a migração para o parcelado.