Finanças

Glossário do empreendedor: o que é break-even


Termo significa o momento em que uma empresa atinge o equilíbrio financeiro, deixa de dar prejuízo e está pronta para se tornar lucrativa


  Por Italo Rufino 19 de Outubro de 2020 às 16:30

  | Repórter


Saco vazio não para em pé. Empresa que não dá lucro também não. Em finanças corporativas há um conceito, batizado de break-even, que estima quando uma empresa deixa de dar prejuízo.

É o momento que o negócio sai do zero a zero e o empreendedor começa a ter retorno sobre o investimento inicial – e, consequentemente, lucro. 

O break-even, também conhecido como ponto de equilíbrio, acontece quando as receitas da empresa superam os custos fixos – gastos recorrentes e estáveis, como aluguel e folha de pagamento – e os custos variáveis, que oscilam conforme a produção, como compra de matéria-prima, armazenamento e distribuição. 

Saiba mais sobre o termo.

POR QUE ESTIMAR O BREAK-EVEN 

A análise de break-even é importante para mensurar os riscos da operação, definir metas de lucro e demonstrar para financiadores ou investidores que o negócio tem potencial para ser sustentável financeiramente em determinado período de tempo. 

O break-even pode ser mensurado em diversos estágios do negócio. A ocasião mais comum é na abertura da empresa – entre startups, atingir o break-even é um sinal de que o negócio consegue “andar com as próprias pernas”, o que o torna mais valioso para investidores. 

Ao abrir um novo canal de vendas, uma empresa também pode mensurar o seu break-even isolado. Por exemplo, uma varejista que desenvolve um e-commerce pode estimar o ponto de equilíbrio para saber quando o novo canal vai ganhar independência financeira do negócio de origem. 

COMO CALCULAR

Para determinar o break-even, o empreendedor precisa reunir dados de custos fixos e variáveis e estimar o faturamento médio de terminado período. 

O cálculo consiste no valor dos custos fixos dividido pelo resultado obtido da divisão entre os custos variáveis e o faturamento menos 1. Veja o exemplo: 

• Custos fixos: R$ 10.000,00
• Custos variáveis: R$ 5.000
• Faturamento: R$ 50.000,00

• Fórmula: 10.000 / [1 – (5.000 / 50.000)] = 11.111

Sendo assim, o break-even é de R$ 11.111,00. Todas as vendas acima desse valor representarão lucro. Caso as vendas não atinjam o ponto de equilíbrio, a operação terá prejuízo. 

Numa startup, em que as vendas aumentam proporcionalmente conforme o tempo, o empreendedor pode fazer o cálculo para saber o quanto é necessário aumentar o volume de vendas para alcançar rapidamente o lucro. 

LEIA MAIS:

Glossário do Empreendedor: o que é transmídia?

Glossário do Empreendedor: o que é Cobranding?

Glossário do empreendedor: O que é pivotar

Glossário do empreendedor: o que é holding?

Glossário do Empreendedor: o que é Freemium?

Glossário do Empreendedor: o que é benchmarking?

 
IMAGEM: Thinkstock