Finanças

Estoque total de crédito fica estável em abril em R$ 3,267 tri


De acordo com o Banco Central, houve alta de 5,4% nos últimos 12 meses


  Por Estadão Conteúdo 29 de Maio de 2019 às 16:04

  | Agência de notícias do jornal O Estado de S.Paulo


O estoque total de operações de crédito do sistema financeiro ficou estável abril ante março, em R$ 3,267 trilhões, informou, nesta quarta-feira (29/05), o Banco Central. Em 12 meses, houve alta de 5,4%.

Em abril ante março, houve elevação de 0,8% no estoque para pessoas físicas e queda de 1,1% para pessoas jurídicas.

De acordo com o BC, o estoque de crédito livre avançou 0,3% em abril, enquanto o de crédito direcionado apresentou queda de 0,4%. No crédito livre, houve alta de 1,3% no saldo para pessoas físicas no mês passado. Para as empresas, o estoque avançou 0,9% no período.

O BC informou ainda que o total de operações de crédito em relação ao Produto Interno Bruto (PIB) passou de 47,3% pra 47,0% na passagem de março para abril.

As projeções do BC, atualizadas no Relatório Trimestral de Inflação (RTI) de março, indicam expansão de 7,2% para o crédito total em 2019.

A projeção para o crédito livre este ano é de alta de 12,5%, enquanto a expectativa para o crédito direcionado é de alta de 0,8%.

HABILITAÇÃO

O estoque das operações de crédito direcionado para habitação no segmento pessoa física cresceu 0,4% em abril ante março, totalizando R$ 697,821 bilhões. Em 12 meses até abril, o crédito para habitação no segmento pessoa física subiu 5,2%.

VEÍCULOS

Já o estoque de operações de crédito livre para compra de veículos por pessoa física avançou 1,3% em abril ante março, para R$ 179,000 bilhões. Em 12 meses, houve alta de 15,1%.

SETORES

O saldo de crédito para as empresas do setor de agropecuária caiu 0,8% em abril, para R$ 24,220 bilhões, informou o Banco Central. Já o saldo para a indústria cedeu 1,6%, para R$ 630,885 bilhões.

O montante para o setor de serviços teve baixa de 1,1%, para R$ 744,465 bilhões.

No caso do crédito para pessoa jurídica com sede no exterior e créditos não classificados (outros), o saldo subiu 14,3%, aos R$ 24,284 bilhões.

CONCESSÕES

As concessões no crédito livre subiram 2,1% em abril ante março, para R$ 305,3 bilhões. Houve avanço de 11,3% em 12 meses até abril.

No crédito para pessoas físicas, as concessões cresceram 7,2% em abril ante mês anterior, para R$ 174,6 bilhões. Em 12 meses até abril, há alta de 10,5%. Já no caso de pessoas jurídicas, as concessões caíram 4,1% no mês passado em relação a março, para R$ 130,7 bilhões. Em 12 meses até abril, o avanço é de 12,4%.

BNDES

O saldo de financiamentos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para empresas recuou 1,0% em abril ante março, somando R$ 427,624 bilhões.

Em 12 meses, a queda acumulada é de 7,6%. Em abril, houve estabilidade nas linhas de financiamento agroindustrial, baixa de 1,0% no financiamento de investimentos e queda de 3,4% no saldo de capital de giro.

IMAGEM: Thinkstock