Finanças

Desenvolve SP lança plataforma para capital de giro


A nova modalidade de crédito vai beneficiar pequenas empresas paulistas, com faturamento anual entre R$ 360 mil e R$ 16 milhões


  Por Estadão Conteúdo 08 de Novembro de 2016 às 09:54

  | Agência de notícias do jornal O Estado de S.Paulo


Em uma tentativa de estimular a economia, o governo de São Paulo lança nesta terça-feira (08/11) uma modalidade de crédito voltada para capital de giro de pequenas empresas do Estado, com faturamento anual entre R$ 360 mil e R$ 16 milhões.

O crédito, porém, é restrito a companhias que estejam com suas finanças em dia e cada operação é limitada a R$ 75 mil.

Batizada de "Crédito Digital", a modalidade será implementada pela agência de desenvolvimento do Estado, a Desenvolve SP, e terá uma plataforma online para que o financiamento seja solicitado. Para isso, é necessário que o empresário tenha a certificação digital E-CNPJ para autenticar eletronicamente a operação.

A taxa de juros será de 1,39% ao mês, com prazo de pagamento de no máximo 24 meses, incluindo um mês de carência. O financiamento pode ser usado, por exemplo, para recomposição de estoque e compra de insumos e matéria-prima, entre outras necessidades do dia a dia da empresa.

Para que o risco de inadimplência seja pequeno, a agência recorrerá aos bancos de dados da Serasa, da Secretaria da Fazenda e da Junta Comercial de São Paulo, entre outras instituições, para checar se a empresa solicitante está com suas finanças em ordem, com os tributos em dia, sem nenhum título protestado ou qualquer outra pendência.

A intenção é que o tempo de resposta seja de no máximo três dias.

A agência acredita que, mesmo com a crise, há uma quantidade "significativa" de empresas com capacidade de ter o pedido aprovado.

"São empresas que estão com as contas em ordem, mas estão precisando de capital de giro para poder competir no mercado", disse o presidente da Desenvolve SP, Milton Luiz de Melo Santos.

O valor total disponível para financiamento será anunciado às 10 horas pelo governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, em evento no Palácio dos Bandeirantes.

Para fazer uma simulação, o empresário deve entrar no site e cadastrar sua empresa com o E-CNPJ.

FOTO: Thinkstock