Especial

Guia para reabertura do comércio / marketing


Vá além do convencional e aposte nas ferramentas digitais


  Por Karina Lignelli 11 de Maio de 2020 às 07:00

  | Repórter lignelli@dcomercio.com.br


O mundo já mudou. A frase, repetida à exaustão desde que os efeitos da pandemia se intensificaram, agora deve ser o mote dos pequenos negócios para seguirem adiante, diz Alexandre Marchesi, professor de marketing e e-commerce da pós-graduação da ESPM-SP.

A tecnologia não é mais um diferencial, mas essencial para a sobrevivência da empresa. Por isso, não adianta mais se apegar ao “meu modelo de negócio”, afirma o especialista. É preciso entender que há outros canais de venda, muito além dos meios tradicionais e, em sua maioria, gratuitos, à disposição para estreitar a relação com o consumidor. E vender mais, claro.

Para os empreendedores que estão parados e perguntam o que fazer, Marchesi avisa: quem ainda não sabe vender por aplicativo, é hora de aprender.

“Não é a hora de planejar o que fazer na volta, mas sim de entender como usar outros canais para vender agora, seja o Rappi, o Mercado Livre, o Whatsapp, o Instagram ou o próprio Google”, diz. “Voltar é consequência. Só consegue quem estiver capacitado.”

A seguir, o professor lista algumas dicas para ajudar o empreendedor a vender o mais rápido possível nessa retomada:

 

CONFIRA MAIS DICAS NOS LINKS ABAIXO:

 

 

  

 

 

 

 

 

 





Publicidade





Publicidade





Publicidade