Especial

Guia para reabertura do comércio / equipe


Funcionários devem ser treinados para lidar com novas medidas sanitárias


  Por André de Almeida  11 de Maio de 2020 às 07:00

  | Repórter andre.dcomercio@gmail.com


A principal preocupação do empresário na reabertura das atividades deve ser com a segurança, tanto sanitária, quanto financeira ou emocional, de toda a sua equipe, mas também dele próprio. “O empresário deve ser o primeiro a estar preparado emocionalmente”, afirma a consultora do Sebrae-SP Esmeralda Queiroz.

No que diz respeito à equipe, Esmeralda destaca que é fundamental proteger os funcionários e colaboradores pertencentes aos grupos de risco. Assim, cada empresa deve avaliar o retorno ou a possibilidade de afastamento remunerado desses profissionais, como idosos, hipertensos, diabéticos, gestantes e pessoas com problemas cardíacos ou respiratórios.

O planejamento de trabalho deve ser comunicado e explicado a todos os colaboradores. “Eles precisam ser treinados sobre como serão os procedimentos daqui para a frente no que diz respeito ao atendimento a clientes, estratégias de vendas, medidas sanitárias, entre outras práticas”, destaca Esmeralda.

“O empresário deve ser transparente. Para ter as pessoas jogando no seu time, é preciso deixar claro como será o jogo”, diz.

Confira a seguir as principais dicas da consultora do Sebrae-SP quanto ao gerenciamento da equipe para a retomada das atividades:  

 

CONFIRA MAIS DICAS NOS LINKS ABAIXO: