Economia

Vestuário e habitação puxam queda do custo de vida em SP


Indicador caiu 0,11% em setembro na comparação com agosto, segundo o Dieese


  Por Agência Brasil 07 de Outubro de 2019 às 15:24

  | Agência de notícias da Empresa Brasileira de Comunicação.


O custo de vida na cidade de São Paulo caiu 0,11% em setembro na comparação com agosto, informou nesta segunda-feira (07/10) o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

Entre os 10 grupos que compõem o ICV (Índice do Custo de Vida), os que mais influenciaram no índice foi o de saúde, que cresceu 0,30%, e os de alimentação (-0,44%) e habitação (-0,14%).

Além do grupo saúde, tiveram alta os de despesas diversas (0,58%); despesas pessoais (0,19%); equipamento doméstico (0,05%); transporte (0,03%) e educação e leitura (0,01%). Já os itens habitação (-0,14%); vestuário (-0,23%); recreação (-0,35%) e alimentação (-0,44%) tiveram queda.

Entre janeiro e setembro, o índice subiu 1,76%. Entre os grupos que compõem o indicador, cinco apresentaram taxas acima do índice: saúde (2,42%); recreação (2,41%); educação e leitura (2,41%); habitação (2,36%) e alimentação (1,90%). Por outro lado, os grupos transporte (0,64%); despesas pessoais (0,45%); equipamento doméstico (-0,30%); vestuário (-1,99%) e despesas diversas (-2,85%) apresentaram queda. 

FOTO: Tânia Rêgo/Agência Brasil