Economia

Vendas do varejo da capital paulista cresceram 24,8% em agosto


No acumulado de 2020, entretanto, o resultado ainda mostra recuo de 37,1%, segundo dados da Associação Comercial de São Paulo (ACSP)


  Por Redação DC 02 de Setembro de 2020 às 16:52

  | Da equipe de jornalistas do Diário do Comércio


As vendas no comércio da cidade de São Paulo voltaram a mostrar recuperação no mês de agosto, na comparação com o mês anterior. De acordo com o Balanço de Vendas da Associação Comercial de São Paulo (ACSP), a alta média foi de 24,8% nos resultados do comércio paulistano.

De acordo com Marcel Solimeo, economista da ACSP, a recuperação em agosto é um reflexo das medidas de flexibilização do funcionamento do setor comercial e do Dia do País.

Pelo índice da ACSP, agosto registrou a segunda alta consecutiva nos resultados das vendas. Em julho, ante junho, o crescimento foi de 19,8%.

O avanço de 24,8% em agosto, na comparação com julho, pode ser desmembrado da seguinte maneira: as vendas a prazo tiveram alta de 33,2%, enquanto as comercializações à vista aumentaram 16,4%.

Na comparação com agosto do ano passado, a queda em 2020 foi de 33,6%. No acumulado de 2020, a redução nas vendas é de 37,1%. E nos últimos 12 meses, sobre o mesmo período anterior, o resultado foi negativo em 21,3%.

Solimeo avalia que os resultados mostram, aos poucos, a retomada da economia, o que deve prosseguir nos próximos meses, conforme as regras de flexibilização do comércio avancem.