Economia

Vendas do varejo caem 3,1% em agosto, aponta IBGE


Mesmo com o recuo, as vendas estão 2,2% acima do nível de fevereiro de 2020, no pré-pandemia


  Por Estadão Conteúdo 06 de Outubro de 2021 às 09:49

  | Agência de notícias do jornal O Estado de S.Paulo


As vendas do comércio varejista recuaram 3,1% em agosto ante julho, na série com ajuste sazonal da Pesquisa Mensal do Comércio (PMC), informou nesta quarta-feira, 6/10, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Na comparação a agosto de 2020, as vendas do varejo recuaram 4,1%. 

As vendas do varejo restrito, que incluem oito ramos acompanhados pelo IBGE, acumularam crescimento de 5,1% no ano e alta de 5,0% em 12 meses.

Quanto ao varejo ampliado, que inclui o comércio de material de construção e de veículos, as vendas caíram 2,5% em agosto ante julho, na série com ajuste sazonal. Na comparação a agosto de 2020, o varejo ampliado ficou estável.

As vendas do comércio varejista ampliado acumularam, desta forma, alta de 9,8% no ano e avanço de 8,0% em 12 meses.

PRÉ-PANDEMIA

Com a queda de agosto, as vendas do varejo estão agora 2,2% acima do nível de fevereiro de 2020, no pré-pandemia. No varejo ampliado, que inclui as atividades de veículos e material de construção, as vendas operam 0,1% abaixo do pré-pandemia.

Das atividades acompanhadas pelo IBGE, estão acima do nível pré-pandemia os segmentos de material de construção (13,7%), artigos farmacêuticos (12%), outros artigos de uso pessoal e doméstico (9,2%) e supermercados (1,6%).

Estão abaixo do nível pré-crise sanitária o comércio de veículos (-3,5%), móveis e eletrodomésticos (-0,1%), vestuário (-4,3%), combustíveis (-7,9%), equipamentos de informática (-14,8%) e livros e papelaria (-37,4%).

REVISÃO

O IBGE revisou o resultado das vendas no varejo em julho ante junho, de alta 1,2% para uma alta de 2,7%. No varejo ampliado, a taxa de julho ante junho foi revisada de alta de 1,1% para avanço de 5,7%. Segundo Cristiano Santos, analista da pesquisa do IBGE, a revisão é decorrente especialmente do modelo de ajuste sazonal da pesquisa. Segundo ele, não houve "grande revisão de dados primários".

MÉDIA MÓVEL TRIMESTRAL

O índice de média móvel trimestral das vendas do comércio varejista restrito teve queda de 0,5% em agosto. No varejo ampliado, o índice de média móvel trimestral das vendas registrou baixa de 1,3% em agosto.






Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade




Publicidade



Publicidade




Publicidade