Economia

Taxa de desemprego para de piorar em São Paulo


O índice permaneceu estável em 17,6% no mês de junho segundo dados da Fundação Seade


  Por Agência Brasil 27 de Julho de 2016 às 12:45

  | Agência de notícias da Empresa Brasileira de Comunicação.


A taxa de desemprego na região metropolitana de São Paulo manteve-se estável em 17,6% entre maio e junho.

Em junho, havia 1,99 milhão de desempregados, número que indica um acréscimo de 13 mil pessoas sobre o de maio. No período, 77 mil pessoas entraram para o mercado de trabalho, enquanto foram criadas apenas 64 mil vagas.

Os dados são da Pesquisa de Emprego e Desemprego (PED), feita em conjunto pela Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados (Seade) e Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

O levantamento mostra que, na média, o nível de ocupação cresceu 0,7% em razão das novas oportunidades no segmento de serviços em que foram gerados 121 mil postos de trabalho, uma alta de 2,2%.

Na indústria de transformação o quadro ficou estável, enquanto que no comércio e reparação de veículos automotores e motocicletas houve o corte de 44 mil vagas, um recuo de 2,6% e, na construção mais seis mil eliminações com queda de 1% no saldo de contratações.

A PED aponta ainda que entre abril e maio deste ano o rendimento médio real dos assalariados ficou estável em R$ 2.018 e dos ocupados teve variação de 0,4%, atingindo R$ 1.961.

FOTO: Thinkstock