Economia

Revisão do Orçamento de 2018 traz salário mínimo menor


De R$ 969, foi reduzido para R$ 965. O ministro Henrique Meirelles, da Fazenda, diz que há previsão legal para o corte


  Por Agência Brasil 30 de Outubro de 2017 às 20:04

  | Agência de notícias da Empresa Brasileira de Comunicação.


A revisão do Orçamento de 2018 prevê a redução de R$ 4 no valor do salário mínimo para o próximo ano, que passa de R$ 969 para R$ 965.

“Esse não é o valor que está sendo definido, mas uma projeção para fins orçamentários. O valor será fixado apenas em janeiro, como determina a lei, com a publicação de um decreto. É uma estimativa com base na estimativa da inflação”, explicou o ministro.

O valor menor ocorre devido a redução da previsão do Índice de Preços ao Consumidor (INPC).

O ministro Henrique Meirelles, da Fazenda, disse que o novo valor do mínimo é determinado pela aplicação da lei, e não por escolha política.

“A questão é apenas como calcular exatamente a aplicação dos índices de inflação. Porque o salário mínimo é definido por crescimento do PIB e inflação. Então é meramente uma questão de definir esses itens”, disse Meirelles.

Por lei, até 2019, o salário mínimo é definido com base no crescimento da economia dos dois anos anteriores somado à inflação pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) também do ano anterior.

Em outubro, o governo já havia divulgado uma previsão para o salário mínimo de 2018. O valor de R$ 979 que constava na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) então foi reduzido para R$ 969. Agora, uma nova diminuição na previsão foi anunciada, agora para R$ 965.

No Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) de 2018, que será enviada ao Congresso Nacional, o governo mantém a previsão de crescimento de 2% do PIB para 2018 e uma inflação oficial pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de 4,2%.

IMAGEM: Agência Brasil