Economia

Pequenos negócios têm saldo positivo de geração de empregos


Em relação ao mesmo período de 2015, a geração de empregos neste ano foi 45% inferior, mas demonstra que as pequenas empresas têm um importante papel na recuperação da economia


  Por Agência Sebrae 08 de Março de 2016 às 17:11

  | Informações do Serviço Brasileiro de Apoio à Micro e Pequena empresa


As micro e pequenas empresas foram as únicas que tiveram um saldo positivo na geração de empregos no mês de janeiro. De acordo com o estudo mensal que o Sebrae elabora com base nos dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego, no primeiro mês de 2016 os pequenos negócios geraram 11,6 mil novas vagas de trabalho. 

Já as empresas de médio e grande porte demitiram mais de 111 mil pessoas.

Se comparado com o mesmo período do ano passado, a geração de empregos neste ano foi 45% inferior, mas demonstra que as pequenas empresas têm um importante papel na recuperação da economia. 

“Em épocas de dificuldades, notamos que o empreendedorismo por necessidade cresce. As pessoas que perdem seu emprego procuram montar um negócio para sobreviver. A porta que pode levar ao aquecimento da economia é a dos pequenos negócios”, afirma o presidente do Sebrae, Guilherme Afif Domingos.

Afif ressalta que esse resultado positivo deve ser um estímulo para que sejam criadas ações de desburocratização, desoneração e facilitação de crédito. 

“Os pequenos negócios precisam de crédito para manter o capital de giro e continuar sobrevivendo e gerando emprego e renda. No atual cenário econômico, isso é essencial para continuar fazendo a roda girar.”

FOTO: Thinkstock