Economia

Nobel de Economia vai para um dos fundadores da economia comportamental


Richard H. Thaler, professor da Universidade de Chicago, desenvolveu a teoria da contabilidade mental, que explica como as pessoas simplificam as decisões financeiras


  Por Estadão Conteúdo 09 de Outubro de 2017 às 11:01

  | Agência de notícias do Grupo Estado


O americano Richard H. Thaler, de 72 anos, recebeu, nesta segunda-feira (9/10), o Prêmio Nobel de Economia, por suas pesquisas a respeito da economia comportamental.

Richard, que é professor da Universidade de Chicago, desenvolveu a teoria da contabilidade mental, explicando como as pessoas simplificam as decisões financeiras.

Em suas pesquisas, Thaler mostrou como algumas características humanas, como a racionalidade limitada, suas preferências sociais e até mesmo a falta de autocontrole impactam suas finanças pessoais e, por consequência, orientam um determinado comportamento do mercado.

Durante a premiação, a Academia Sueca de Ciências lembrou que as análises feitas pelo pesquisador são frequentemente citadas na literatura de marketing, " que nos ajudam a reconhecer truques do mercado gastarmos mais, e, assim, evitar tomar decisões ruins do ponto de vista financeiro".

Você sabia que...

49 prêmios em Ciências Econômicas foram concedidos desde 1969.

25 é o número de prêmios recebidos por apenas um Laureado

Apenas 1 mulher recebeu o Prêmio de Ciências Econômicas até o momento, Elinor Ostrom, em 2009.

51 anos foi a idade do mais novo Laureado em Ciências Econômicas de sempre, Kenneth J. Arrow, que foi premiado em 1972.

90 anos foi Leonid Hurwicz quando recebeu o Prêmio - o mais antigo vencedor em Ciências Econômicas de todos os tempos.

67 é a idade média dos Laureados em Ciências Econômicas no ano em que foram premiados.

FOTO: Divulgação