Economia

Mercado aposta em Selic menor


É unânime a expectativa de queda de 6% para 5,5%. Economistas avaliam que a inflação deve seguir bastante confortável, uma vez também que é grande a ociosidade na economia


  Por Estadão Conteúdo 13 de Setembro de 2019 às 07:03

  | Agência de notícias do jornal O Estado de S.Paulo


É unânime no mercado a expectativa de queda da Selic de 6% para 5,5% na próxima reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central deste mês.

Mesmo com a depreciação cambial depois da última reunião, em julho, os economistas consultados avaliam que a inflação deve seguir bastante confortável, uma vez também que é grande a ociosidade na economia. O Copom se reúne na próxima semana, dias 17 e 18/9.

Todas as 55 apostas coletadas pelo serviço para o Copom de setembro apontam novo corte de 0,50 ponto porcentual. Para o fim do ano, há divergências, contudo, com as estimativas indo de 4,75% a 5,50%.

De 53 estimativas, 31 indicam o juro em 5,0% em dezembro, 12 apontam Selic em 5,25% e 7 apostam que deva terminar o ciclo em 4,75%.

"A inflação entre baixa e moderada e a lentidão da recuperação da atividade, que mantém ampla capacidade ociosa na economia, são os fatores fundamentais para a manutenção do ritmo de corte do juro básico", diz a MCM Consultores.

A Trafalgar Investimentos também espera queda de 0,50 ponto da Selic no Copom de setembro , mas acredita que este será o último corte na taxa básica de juro neste ano.