Economia

Joaquim Levy aceita a presidência do BNDES


A assessoria do futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, confirma que o ex-ministro da Fazenda do governo Dilma Rousseff estará à frente do banco de fomento


  Por Estadão Conteúdo 12 de Novembro de 2018 às 15:53

  | Agência de notícias do Grupo Estado


A assessoria de imprensa do futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, informou nesta segunda-feira, 12/11, que o economista Joaquim Levy aceitou o convite e será indicado para presidir o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

"Com extensa experiência em gestão pública, PhD em economia pela Universidade de Chicago, Joaquim Levy deixa a diretoria financeira do Banco Mundial para integrar a equipe econômica do governo do presidente eleito Jair Bolsonaro", diz a nota.

O ex-ministro da Fazenda do governo Dilma Rousseff já estaria esvaziando suas gavetas na sede do Banco Mundial para se mudar para o Rio e substituir Dyogo Oliveira no comando do banco de fomento.