Economia

Investimento Direto no país soma US$ 6,9 bilhões


O resultado ficou acima das estimativas, que iam de US$ 5,0 bilhões a US$ 6,3 bilhões, com mediana de US$ 5,8 bilhões, de acordo com o Banco Central


  Por Estadão Conteúdo 27 de Maio de 2019 às 11:15

  | Agência de notícias do jornal O Estado de S.Paulo


Os Investimentos Diretos no País (IDP) somaram US$ 6,957 bilhões em abril, de acordo com o Banco Central.

O resultado ficou acima das estimativas apuradas pelo Projeções Broadcast, que iam de US$ 5,0 bilhões a US$ 6,3 bilhões, com mediana de US$ 5,8 bilhões.

Pelos cálculos do Banco Central, o IDP de abril indicaria entrada de US$ 5,5 bilhões. No acumulado de janeiro a abril de 2019, o ingresso de investimentos estrangeiros destinados ao setor produtivo somou US$ 28,069 bilhões.

A estimativa do BC para este ano, atualizada em março, é de IDP de US$ 90,0 bilhões em 2019. No acumulado dos 12 meses até abril deste ano, o saldo de investimento estrangeiro ficou em US$ 92,495 bilhões, o que representa 4,96% do Produto Interno Bruto (PIB).

INVESTIMENTO EM AÇÕES

O investimento estrangeiro em ações brasileiras ficou negativo em US$ 521 milhões em abril, informou o Banco Central. Em igual mês do ano passado, o resultado havia sido positivo em US$ 2,812 bilhões.

No acumulado de janeiro a abril de 2019, o saldo ficou negativo em US$ 1,383 bilhão. Pelos cálculos do BC, o saldo das operações de investidores estrangeiros no mercado de ações será positivo em US$ 5,0 bilhões em 2019.

Estas projeções consideram as ações negociadas em bolsas brasileiras e no exterior e os fundos. O investimento em fundos de investimentos no Brasil ficou positivo em US$ 220 milhões em abril.

No mesmo mês do ano passado, ele havia sido negativo em US$ 502 milhões. No acumulado do ano até abril, houve aportes de US$ 1,774 bilhão dos fundos de investimentos.

RENDA FIXA

Já o saldo de investimento estrangeiro em títulos de renda fixa negociados no País ficou negativo em US$ 231 milhões em abril.

No mesmo mês do ano passado, havia ficado positivo em US$ 3,104 bilhões. De janeiro a abril de 2019, o saldo em renda fixa ficou positivo em US$ 9,935 bilhões. Para 2019, a estimativa do BC é de entradas de US$ 10,0 bilhões nas operações com renda fixa.