Economia

Inflação na cidade de São Paulo sobe 0,57% em maio


Nos primeiros cinco meses deste ano, o índice da Fipe acumulou inflação de 4,33%. Habitação, despesas pessoais e educação foram os itens com maior alta


  Por Estadão Conteúdo 03 de Junho de 2016 às 09:44

  | Agência de notícias do jornal O Estado de S.Paulo


O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que mede a inflação na cidade de São Paulo, teve alta de 0,57% em maio, mostrando aceleração em relação à leitura de abril (+0,46%) e à da terceira quadrissemana do mês passado (+0,50%). 

A taxa, porém, é inferior à variação de 0,62% registrada em maio de 2015.

O resultado de maio apurado pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) veio dentro das previsões de 11 instituições consultadas pelo AE Projeções, de aumento de 0,53% a 0,62%, e em linha com a mediana das estimativas, de +0,57%.

Nos primeiros cinco meses, o índice da Fipe acumulou inflação de 4,33%. No período de 12 meses encerrado em maio, a inflação ficou em 9,98%.

Em maio, três dos sete grupos de produtos aceleraram ganhos na comparação com abril.

Em Habitação, a elevação dos preços aumentou de 0,09% em abril para 0,51% no mês passado; em Despesas Pessoais, de +0,48% para +1,30% e em Educação, de +0,09% para +0,19%.

Por outro lado, os custos com Alimentação reduziram os ganhos +0,73% para +0,68%; Vestuário, de +0,94% para +0,86% e Saúde, de 2,32% para +1,53%.

No caso de Transportes, os custos recuaram para -0,60% em maio, de -0,11% verificado em abril.

Veja como ficaram os itens que compõem o IPC em maio:

Habitação: 0,51%
Alimentação: 0,68%
Transportes: -0,60%
Despesas Pessoais: 1,30%
Saúde: 1,53%
Vestuário: 0,86%
Educação: 0,19%
Índice Geral: 0,57%

Foto: Thinkstock






Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade




Publicidade



Publicidade




Publicidade