Economia

Inflação de serviços desacelera em janeiro


O movimento foi puxado pela queda de 1,35% nos preços das passagens aéreas e pela leve alta na alimentação fora de casa, de acordo com o IBGE


  Por Estadão Conteúdo 08 de Fevereiro de 2018 às 13:12

  | Agência de notícias do Grupo Estado


A inflação de serviços desacelerou de 0,59% em dezembro de 2017 para 0,16% em janeiro de 2018, de acordo com os dados do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O movimento foi puxado pela queda de 1,35% nos preços das passagens aéreas e pela alta mais branda na alimentação fora de casa, de apenas 0,06%, apontou Fernando Gonçalves, gerente na Coordenação de Índices de Preços do IBGE.

A taxa acumulada em 12 meses pela inflação de serviços passou de 4,51% em dezembro para 4,30% em janeiro.

Já a inflação de bens e serviços monitorados pelo governo saiu de 0,21% em dezembro para 0,20% em janeiro. Segundo Gonçalves, o aumento na gasolina e no ônibus urbano quase compensou a queda na conta de luz, impedindo um arrefecimento maior.

A gasolina ficou 2,4% mais cara em janeiro (0,10 pp de impacto), enquanto o ônibus urbano aumentou 1,3% (0,04 pp de contribuição). Já a energia elétrica caiu 4,7% (-0,17 pp). A taxa acumulada pela inflação de monitorados em 12 meses passou de 7,9% em dezembro para 7,3% em janeiro.

FOTO: Thinkstock