Economia

Indústria apresenta leve crescimento em setembro


Mas o desempenho da atividade continua fraco devido à fraca demanda interna e à redução das exportações - principalmente para o mercado argentino, segundo os economistas da ACSP


  Por Instituto Gastão Vidigal 03 de Novembro de 2019 às 17:17

  | Da equipe de economistas da Associação Comercial de São Paulo (ACSP)


De acordo com o IBGE, em setembro a indústria apresentou alta de 1,1%, na comparação com igual mês do ano passado. No acumulado dos últimos 12 meses, houve contração (-1,4%), porém inferior à observada na leitura anterior (-1,7%).

Porém, apesar do leve crescimento, o desempenho da atividade industrial ainda é fraco, segundo os economistas do Instituto Gastão Vidigal da Associação Comercial de São Paulo (ACSP). 

No comparativo anual, todas as categorias de uso apresentaram elevação, destacando-se a produção de bens de consumo durável, notadamente veículos, artigos eletrônicos e móveis. Esses resultados se devem, em grande parte, à existência de dois
dias úteis adicionais em setembro deste ano.

O setor ainda opera com grande ociosidade, devido à fraca demanda interna, à redução do setor extrativo mineral, decorrente do acidente de Brumadinho (MG), e à redução das exportações, principalmente aquelas destinadas ao mercado argentino.

Para os próximos meses, espera-se que a continuidade do ciclo de redução da taxa de juros básica (SELIC) e o nível de câmbio mais alto auxiliem na recuperação do setor.

FOTO: Thinkstock