Economia

Confiança do consumidor recua em dezembro: a quarta queda seguida


Medido pela FGV, o indicador foi afetado principalmente pelo pessimismo dos brasileiros em relação ao futuro


  Por Agência Brasil 26 de Janeiro de 2021 às 13:28

  | Agência de notícias da Empresa Brasileira de Comunicação.


O Índice de Confiança do Consumidor, da Fundação Getulio Vargas (FGV), caiu 2,7 pontos de dezembro de 2020 para janeiro de 2021. Essa foi a quarta queda consecutiva do indicador, que atingiu 75,8 pontos em uma escala de zero a 200 pontos, o menor patamar desde junho de 2020 (71,1 pontos).

O Índice de Situação Atual, que mede a confiança do consumidor brasileiro em relação ao presente, caiu 1,6 ponto e chegou a 68,1, o menor nível desde maio de 2020 (65 pontos).

Já o Índice de Expectativas recuou 3,5 pontos e passou para 82,1.

“O recrudescimento da pandemia e a necessidade de adoção de medidas mais restritivas por algumas cidades geram grande preocupação quanto aos rumos da econômica”, diz a pesquisadora da FGV Viviane Seda Bittencourt.

Segundo ela, sem o suporte dos benefícios emergenciais, as famílias continuam postergando consumo e dependendo da recuperação do mercado de trabalho, que tende a ser lenta diante do cenário atual.

 

IMAGEM: Pixabay






Publicidade





Publicidade







Publicidade