Brasil

Velejadoras Martine Grael e Kahena Kunze conquistam ouro


Elas competem desde a adolescência. Eram consideradas favoritas a uma medalha. Seguem uma linda história de conquistas da família Grael


  Por Wladimir Miranda 18 de Agosto de 2016 às 16:02

  | Repórter vmiranda@dcomercio.com.br


Antes dos Jogos Olímpicos Rio-2016, elas já eram consideradas favoritas à conquista de medalha.

E confirmaram todas as expectativas. As velejadoras Martine Grael e Kahena Kunze não decepcionaram e ganharam a medalha de ouro na tarde desta quinta-feira (18/08).

A dupla Martine e Kahena compete junta desde a adolescência. Em uma classe nova, como a 49er FX, elas se destacaram das demais desde o começo da parceria e chegaram aos Jogos Olímpicos do Rio com um retrospecto de 25 pódios em 33 competições disputadas.

Martine segue um histórico de conquistas da família Grael.

Lars, o tio   tem dois bronzes, em 1988 e 1996.

Torben, o pai, tem cinco medalhas.

Duas de ouro, entre 1984 e 2004.

Kahena é filha do também ex-velejador Claudio Kunze, que foi campeão mundial da classe Pinguim na década de 1970.

A glória de hoje, no entanto, é só das herdeiras, que conquistaram o ouro.