Brasil

São Paulo sai da fase Emergencial na segunda-feira. Veja o que muda


O governo do estado anunciou a implantação de uma fase Vermelha mais rígida, na qual será mantido o toque de recolher e outras medidas


  Por Redação DC 09 de Abril de 2021 às 14:11

  | Da equipe de jornalistas do Diário do Comércio


O estado de São Paulo sai da fase Emergencial do plano de flexibilização da quarentena na próxima segunda-feira, 12/04, e avança para a fase vermelha. A medida foi anunciada nesta sexta-feira, 9/04, pelo governo paulista, após melhora no índice de internação de pacientes com covid-19.

Será uma fase Vermelha mais rígida, com algumas medidas da fase Emergencial incorporadas. O toque de recolher das 8h às 5h será mantido, assim como a obrigatoriedade de teletrabalho para todas as atividades administrativas.

Celebrações religiosas coletivas permanecem proibidas e continua a vigorar a recomendação de escalonamento para entrada e saída de trabalhadores (indústria, entre 5h e 7h; serviços, entre 7h e 9h; e comércio, entre 9h e 11h).

Na fase Vermelha, o atendimento presencial é proibido para todas as atividades consideradas não essenciais.

Nesta etapa do plano, porém, lojas de materiais de construção poderão abrir, a retirada de alimentos poderá ser realizada em restaurantes e eventos esportivos profissionais serão retomados, mas sem público.

A decisão do governo paulista de diminuir as restrições acontece após queda de 17% no número de internações de pacientes com covid-19 na comparação entre esta semana e a anterior. Foi a primeira queda significativa em dois meses.

A ocupação de leitos de UTI no estado era de 88,3 % até quinta-feira, 8/04.

As mortes por covid-19 no estado de São Paulo já passaram de 80 mil. O número de casos está próximo de 2,6 milhões, de acordo com a última atualização.

 

IMAGEM: Governo de SP/divulgação 






Publicidade






Publicidade









Publicidade