Brasil

Novo presidente da Petrobras manterá desinvestimentos


Pedro Parente fez seu primeiro discurso, nesta quinta-feira, 2/06, após assumir a estatal. Ele disse que manterá a atual diretoria da empresa


  Por Agência Brasil 02 de Junho de 2016 às 19:04

  | Agência de notícias da Empresa Brasileira de Comunicação.


O presidente da Petrobras, Pedro Parente, informou que seguirá com o plano de desinvestimentos (venda de ativos) da companhia e anunciou que manterá a atual diretoria da empresa.

De acordo com ele, esse tipo de plano vem sendo adotado por diversas companhias pelo mundo e é fundamental para reforçar o caixa da estatal e reduzir a dívida.  

“A busca por uma relação adequada entre a dívida e o capital da companhia permanecerá como uma obsessão da direção da empresa”, disse no discurso na cerimônia de transmissão de cargo, na sede da Petrobras, no centro do Rio, que aconteceu nesta quinta-feira, 2/06.

Parente anunciou que toda a diretoria da empresa será mantida e disse que a equipe vem fazendo um trabalho importante desde fevereiro do ano passado. 

Em resposta às críticas encaminhadas por entidades representantes dos petroleiros ao Conselho de Administração da Petrobras sobre sua atuação na crise energética em 2001, Parente afirmou que foi aprovado no teste de integridade feito pela empresa para novos diretores.

As entidades argumentam que a Petrobras sofreu prejuízos naquele ano quando foi determinado o uso de termelétricas durante a crise de energia, que ficou conhecida como apagão. Na ocasião, Parente coordenou as ações do governo de Fernando Henrique Cardoso contra a crise. 

IMAGEM: Agência Brasil