Brasil

No ano, indústria de eletroeletrônicos fechou 7 mil postos de trabalho


Somente no mês de abril foram 1,6 mil demissões. Número de empregados do setor voltou ao patamar de 2006


  Por Agência Brasil 31 de Maio de 2016 às 18:41

  | Agência de notícias da Empresa Brasileira de Comunicação.


O setor eletroeletrônico fechou 7 mil postos de trabalho no acumulado de janeiro a abril de 2016, segundo dados da Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee).

A queda em abril, quando foram extintas 1,6 mil vagas, no entanto, foi menor que a do mês anterior (2.856). Em fevereiro, o corte atingiu 1.797 vagas e, em janeiro, 748.

LEIA MAIS: Desemprego atinge 11,2% no trimestre até abril

No acumulado dos últimos 12 meses foram fechados 48 mil postos de trabalho, o que fez com que o número de empregados diretos no setor passasse a 241 mil em abril, o mesmo de dezembro de 2006.

Nos últimos 12 meses, o recorde de cortes ocorreu em dezembro do ano passado, quando foram fechados 8.066 postos de trabalho.

IMAGEM: Thinkstock






Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade




Publicidade



Publicidade




Publicidade