Brasil

Governo de SP prorroga restrições da fase de transição até 15 de julho


Os estabelecimentos comerciais e de serviços podem receber clientes das 6h às 21h nesta fase do Plano São Paulo


  Por Estadão Conteúdo 23 de Junho de 2021 às 16:33

  | Agência de notícias do jornal O Estado de S.Paulo


O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), prorrogou a fase de transição do Plano São Paulo de combate ao coronavírus até o dia 15 de julho. As medidas restritivas e os horários de funcionamento dos estabelecimentos permanecem os mesmos.

Na fase de transição, as atividades comerciais, restaurantes e similares, salões de beleza e barbearias, atividades culturais e academias esportivas podem funcionar das 6h às 21h. Atividades religiosas presenciais e individuais continuam permitidas. Os estabelecimentos podem funcionar com 40% da capacidade.

Atividades administrativas não essenciais devem optar pelo teletrabalho. O toque de recolher das 21h às 5h continua em vigor.

Atividades de comércio, serviços e indústria devem ter horário escalonado para evitar aglomerações no transporte público.

Até a noite de terça-feira (22), 22.345 pacientes estavam internados em todo o Estado, sendo 10.597 em unidades de terapia intensiva e 11.748 em leitos de enfermaria. A taxa de ocupação dos leitos de UTI no estado é de 78,9% e na Grande São Paulo é de 74,7%.

 

IMAGEM: Rovena Rosa/Agência Brasil






Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade




Publicidade



Publicidade




Publicidade