Brasil

Forças de segurança paulistanas recebem Troféu Marco da Paz


Oficiais do Exército, Polícia Federal, PMs, dos Bombeiros e da GCM lotados na região da Distrital Oeste da ACSP foram homenageados em cerimônia on-line pelos serviços prestados à sociedade


  Por Redação DC 19 de Novembro de 2020 às 09:42

  | Da equipe de jornalistas do Diário do Comércio


Em tempos de pandemia, nada mais justo do que homenagear e agradecer o trabalho dos 'heróis' das forças de segurança, como Exército, Polícia Federal, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Guarda Civil Metropolitana (GCM), que atuam para garantir a paz e o bem-estar do dia a dia da população. 

Em reconhecimento aos serviços prestados à sociedade e ao comércio pelos oficiais lotados nos distritos da Barra Funda, Lapa, Perdizes e Vila Leopoldina, a Distrital Oeste da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) realizou, na noite desta quarta-feira (18/11), a cerimônia virtual de entrega do Troféu Marco da Paz

Réplica do monumento criado por Gaetano Brancati Luigi, sobrevivente da 2ª Guerra Mundial e diretor executivo do Impaz (Instituto Marco da Paz), que tem como principal apoiadora a ACSP, o troféu simboliza o trabalho de construção de um mundo livre de guerras e conflitos, espalhando a cultura de paz pelo planeta. 

Na Lapa, o Marco da Paz está situado no encontro da Rua Mercedes com a Av.Brigadeiro Gavião Peixoto.  

Mário Pietro Martinelli, superintendente da Distrital Oeste, conduziu a homenagem virtual e destacou que, em seus 125 anos de história, a ACSP sempre tem procurado promover, incentivar e divulgar, entre outros objetivos, atividades cívicas e de cidadania para que todos usufruam dignamente da vida em comunidade. 

"O relevo do reconhecimento a essas forças de segurança é lastreado nos serviços prestados por seus integrantes, muitas vezes com o preço do sacrifício supremo", afirmou. 

João Bico de Souza, presidente do Impaz e vice-presidente da ACSP e da Facesp, lembrou que o troféu 'não é só um pedaço de resina', mas o símbolo do reconhecimento da sociedade aos serviços prestados por esses oficiais quee se destacaram, e por isso foram indicados por suas corporações para receberem a homenagem. 

"As forças de segurança muitas vezes são mal interpretadas ou até difamadas por segmentos da sociedade sem interesse em ver a ordem mantida. Mas são motivo de orgulho para a ACSP e o Instituto Marco da Paz."  

Para Alfredo Cotait Neto, presidente da ACSP e da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp), é 'uma condição especial' homenagear homens e mulheres que dedicam sua vida a proteger não só a cidade, mas também o estado e o país, por meio da iniciativa do Instituto Marco da Paz.

"Levar o Marco aos oficiais desse tradicional bairro da nossa cidade é uma demonstração de agradecimento não só da ACSP, mas da sociedade paulistana e paulista pelo desempenho excepcional de suas atividades."

Veja a seguir os comandantes e os oficiais homenageados no evento da Distrital Oeste da ACSP: 


EXÉRCITO BRASILEIRO - 21º Depósito de Suprimentos 

Comandante: Ten. Cel.Valmir Adão Rodrigues Roberti (representado pelo Ten.Cel.Fonseca)
Homenageado: 1º Sargento Júlio César Rodrigues Elói


POLÍCIA FEDERAL - Superintendência Regional São Paulo  
Superintendente: Dr. Lindinalvo Alexandrino de Almeida Filho
Homenageada: Delegada Federal Dra.Fernanda Golin Nogueira 

POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO - 4º Batalhão de Polícia Militar Metropolitano
Comandante:
Ten.Cel.PM Cleiton César Rodrigues
Homenageados: 1º Ten.PM Marcello Matheus Salgueiro Ibanhe
                           Cabo PM Marcelo Repke – 1ª Cia.
                           Cabo PM Francisco Francildo de Souza – 2ª Cia.
                           Cabo PM Tiago dos Santos Vieira – 3ª Cia.
                           1º Sargento PM Fernando Cesar Bueno da Silva – Força Tática

CORPO DE BOMBEIROS - 4º Grupamento de Bombeiros – 1º Sub Grupamento Lapa
Comandante:
Capitão PM Daniel Gonçalves
Homenageado: Soldado PM Jorge Paulo Silva de Souza 

GUARDA CIVIL METROPOLITANA - Inspetoria de Divisão Lapa – ID 41
Comandante: 
Inspetor Superintendente Moacir Urbano Sorrentino (repres.Insp.Divisão Leonardo Garcia)
Homenageado: Subinspetor Elias Porcino de Araújo


SAIBA MAIS

O Marco da Paz foi idealizado pelo ítalo-brasileiro Gaetano Brancati Luigi, que viveu na Itália até os 12 anos (nasceu em 1937), depois de ter presenciado de perto os horrores da Segunda Guerra Mundial.

Após mudar-se para o Brasil, decidiu criar o monumento para deixar um legado de paz e alertar as pessoas sobre as tragédias que ocorrem nos períodos em que a paz não se faz presente.

Na capital paulista, o Marco da Paz pode ser visitado no Pátio do Colégio (local da fundação de SP), na Assembleia Legislativa, bairros da Lapa, Tatuapé e Jaçanã e no Parque da Juventude (o antigo Carandiru).

Os municípios de Aparecida do Norte (SP), Bertioga (SP), Ubatuba (SP), Pirajuí (SP), Araçoiaba da Serra (SP), Sorocaba (SP), Piracicaba (SP), Caraguatatuba (SP), Itapetininga (SP), Ilhabela (SP), Francisco Beltrão (PR), Severiano Almeida (RS), Acari (RN) e Chapecó (SC) também têm seus monumentos.

No exterior, sete países contam com o Marco da Paz em seus territórios: México (Cidade do México, Hidalgo e Laguna-Oaxaca), Itália (Assis e Orsomarso), Argentina (Mendoza, Pehuajó e Lincoln), Uruguai (Punta Del Este), China (Xiaolin, província de Nanjing), Bolívia (Tarija) e Chile (Santiago). 

FOTO: Divulgação





Publicidade





Publicidade





Publicidade