Brasil

Comércio da cidade de SP só poderá atender clientes com vacina em dia


Estabelecimento que descumprir regra será multado. O Prefeito Ricardo Nunes vai lançar nesta semana o app do ‘passaporte da vacina’


  Por Redação DC 23 de Agosto de 2021 às 11:20

  | Da equipe de jornalistas do Diário do Comércio


Para ter acesso a restaurantes, shoppings e outros estabelecimentos comerciais da cidade de São Paulo o consumidor precisará portar o chamado “passaporte da vacina”. O anúncio foi feito nesta segunda-feira, 23/08, pelo prefeito Ricardo Nunes.

Para conseguir o passaporte, será preciso baixar um aplicativo, previsto para ser lançado ainda nesta semana. O app permitirá ao cidadão emitir um QR Code, que será lido pelos estabelecimentos comerciais e revelará se a vacinação está em dia. Caso não esteja, o consumidor deverá ser barrado.

"Se o estabelecimento estiver com pessoas sem vacina e isso for observado pela Vigilância Sanitária, ele sofrerá multa. Então vamos oferecer um mecanismo para que esses locais identifiquem quem tem vacina. Vamos fornecer o sistema para que ele baixe na plataforma e-Saúde e faça a leitura do QR Code", disse Nunes.

FIM DAS RESTRIÇÕES

As restrições às atividades empresariais previstas no Plano São Paulo acabaram na última terça-feira (17). A partir de então, não há mais limites de horário e de público no atendimento presencial. Mas as recomendações sanitárias continuam valendo.

Os estabelecimentos comerciais e de serviços terão de manter os protocolos sanitários, garantindo distanciamento mínimo de um metro entre os clientes, uso de máscara e disponibilidade de sanitizantes.

Shows com público em pé continuam proibidos, assim como pistas de dança e torcida em estádios. Mas eventos empresariais, sociais e culturais estão liberados, com controle do público.

Os parques estaduais já estão em funcionamento, sem restrições, desde primeiro de agosto.

Desde o início do mês também não há mais toque de restrição, e o sistema tradicional de rodízio está valendo.

IMAGEM: ACSP/divulgação






Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade




Publicidade



Publicidade




Publicidade