Brasil

"Brasil está preparado tanto para Hillary quanto para Trump"


Ministro Meirelles (foto) diz que as reformas de base para a economia são importantes para que o Brasil não seja tão dependente da política comercial do outro país


  Por Estadão Conteúdo 06 de Outubro de 2016 às 18:26

  | Agência de notícias do jornal O Estado de S.Paulo


O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, afirmou nesta quinta-feira, 6, que o Brasil está preparado para qualquer resultado das eleições presidenciais nos EUA, seja a democrata, Hillary Clinton, ou o republicano, Donald Trump, e o que o governo brasileiro está se preparando para os riscos quando se trata de comércio.

"Nós temos observado alguns modelos, mas evidente que dependerá, primeiramente, de quem vai ganhar e em segundo, o que realmente serão as propostas", disse o ministro em entrevista à rede de notícias CNBC nesta quinta-feira durante sua viagem a Washington, nos EUA.

"O que estamos tendo agora é um debate político muito aberto e amplo e, evidentemente, isso é importante".

Quando perguntado se ele estava preocupado com potenciais riscos de barreiras comerciais a serem postas em prática contra o Brasil, se um candidato mais protecionista, como Donald Trump, for eleito para a Casa Branca, Meirelles disse que "as barreiras comerciais não são boas para todos, não só para Brasil".

Segundo o ministro, um comércio aberto favorece as duas partes ou várias partes porque melhora a produtividade.

"No entanto, para nós é fundamental que estejamos preparados para qualquer coisa que acontecer em outros países, e essa é a razão pela qual estamos propondo reformas de base para a economia brasileira, para a economia ser mais forte e mais resistente e não tão dependente de políticas comerciais até mesmo por países importantes e maiores como os EUA", afirmou.

FOTO: Thinkstock






Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade




Publicidade



Publicidade




Publicidade