Brasil

Até outubro, setor eletroeletrônico abriu 4,3 mil vagas


Só em outubro, o setor contratou e registrou as carteiras de 1,3 mil trabalhadores, de acordo com a Abinee


  Por Estadão Conteúdo 22 de Novembro de 2017 às 11:44

  | Agência de notícias do Grupo Estado


A indústria do setor elétrico e eletrônico abriu neste ano, até outubro, 4,3 mil postos de trabalho com carteira assinada, aponta levantamento da Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee).

A informação foi divulgada com base nos dados do Cadastro Geral de Emprego e Desemprego (Caged) do Ministério do Trabalho.

Só em outubro, o setor contratou e registrou as carteiras de 1,3 mil trabalhadores.

Com o resultado, afirma o presidente da Abinee, Humberto Barbarto, o nível de emprego no segmento subiu pelo quarto mês consecutivo.

O número total de empregados diretos na indústria elétrica e eletrônica passou de 232,8 mil em dezembro de 2016 para 237,1 mil em outubro.

Para Barbato, o resultado do emprego é reflexo da retomada da atividade do setor e da maior previsibilidade da economia.

"Os sinais de recuperação estão cada vez mais evidentes. Nossa expectativa é de que esta tendência se mantenha", diz o executivo.

FOTO: Thinkstock